Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

01 Agosto de 2020 | 17h06 - Actualizado em 01 Agosto de 2020 | 17h06

China instala potentes geradores para uso de canhões electromagnéticos em navios

Pequim - A Marinha do Exército de Libertação Popular da China (ELP) iniciou a instalação de novos turbogeradores de energia noss seus navios de guerra.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Com capacidade de produzir energia superior em quatro vezes à das instalações eléctricas existentes, os novos geradores permitirão a instalação de novos armamentos com tecnologia avançada, tais como catapultas ou canhões electromagnéticos.

O Instituto de Pesquisa 704 da Corporação Estatal de Construção Naval da China (CSSC, na sigla em inglês) anunciou recentemente que seus geradores de 20 megawatts entraram em serviço, ou seja, isso é suficiente para fornecer energia a uma cidade com população de 15.000 habitantes, escreve Global Times.

No entanto, o anúncio não revelou a designação de novos geradores nem em que navios tinham sido instalados.

"O enorme aumento de produção de energia será útil para uma série de novas tecnologias que Pequim tem planeado instalar nos próximos anos nos seus navios de guerra", disse um especialista naval chinês. Instalação de geradores mais potentes "significará que todos esses sistemas de alto consumo de energia poderão operar".

Segundo escreve Global Times, os novos turbogeradores tornarão possível a utilização da tecnologia de propulsão eléctrica integrada avançada que basicamente transforma navios em gigantes veículos híbridos a gás e eléctricos.

Os navios chineses da classe Type 002, que estão actualmente em construção, vão possuir catapultas com uso de sistemas electromagnéticos de lançamento de aeronaves (EMALS), que até agora só foram utilizadas nos porta-aviões da classe Ford da Marinha dos EUA.

Assuntos Defesa  

Leia também