Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

26 Agosto de 2003 | 23h49

-

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 26/08 - A mais recente obra literária do escritor angolano João Abel intitulada "Assim palavra de mim" foi lançada este noite, na Esplanada do Cine Nacional, em Luanda.

A obra poética, que está a cargo da editora Chá de Caxinde, está a ser comercializada a 800 Kwanzas e tem uma tiragem inicial de 1000 exemplares.

Durante a apresentação de "Assim palavra de mim" a escritora Gabriela Antunes qualificou João Abel como um artista que reivindica mudanças, alimentando-se do sonho e da esperança.

Para si, João Abel, que igualmente faz parte da geração de grandes nomes da literatura angolana como Arnaldo Santos e Luandino Vieira, carrega na sua memória as brincadeiras de menino no Makulusso e no Kinaxixe.

Realça que, apesar de não ser fácil escrever poesia, o escritor aparece-nos, após as suas últimas obras "Bom Dia" e "Nome de Mulher" com o livro "Assim palavra de mim" de 46 poemas, sem designação, mas com ritmo e que facilmente agrada a qualquer leitor.

"Assim palavra de mim" é o número 12 da Colecção independência da editora Chá de Caxinde.

João Abel Martins das Neves nasceu aos seis de Julho de 1938, em Luanda, e se tem dedicado fundamentalmente a produção no campo poético.

Autor das obras "Bom Dia" e "Nome de Mulher", João Abel é membro fundador da União dos Escritores Angolanos.

O seu trabalho consta igualmente de várias antologias como os Cadernos Sol (2002), Força Nova (1959), Poetas Angolanos (1962), Poesia de Angola (1976), entre outras.