Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

09 Janeiro de 2007 | 09h48

Escritora angolana Chó do Guri lança 5ª obra literária

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Escritora angolana Chó do Guri

Foto: Foto Angop/Arquivo

Luanda, 09/01 - A escritora angolana Chó do Guri vai trazer a público, este mês, mais uma obra literária intitulada "A Filha do Alemão", depois de "Chiquito da Camuxiba", com a qual ganhou o Prémio de Literatura Africana, em 2003, do Instituto Marquês de Valle Flor.

O romance retrata, segundo a autora, o nascimento, ou seja, os partos efectuados na região do Kwanza Sul por parteiras tradicionais, em especial de bebés "mulatas" (filhas de pai branco) muitas das vezes rejeitadas.

Fez saber ainda que a obra é quase a sua biografia, pois ela é filha de mãe negra e pai alemão.

A idosa Ngongo, parteira tradicional, reconhecida na povoação por ter feito vários partos, em especial de uma rapariga Lemba, de 16 anos, é uma das principais personagens da obra editada pela "Mensagem Indústrias Culturais".

O acto de lançamente do livro terá lugar no Instituto Camões, em Luanda. Numa primeira fase estará à disposição dos leitores mil exemplares, ao preço de dois mil kwanzas cada.

Chó do Guri é pseudónimo literário de Maria de Fátima, nascida na Kibala, província do Kwanza Sul, a 24 de Jeneiro de 1959.

Fez estudos gerais (primário, secundários e pré-universitários) em Luanda. Frenquentou o curso de ciências farmacéuticas na Faculdade de Farmácia da Universidade Clássica de Lisboa, Portugal. Actualmente ébacharel em Acção Social e está a licenciar-se em política social pela Universidade Aberta de Lisboa.

Tem já publicadas obras como: "Vivência" -1996, "Bairro Operário". "A minha história contos" - 1998, "Morfeu" - 2000, "Chiquito da Camuxiba" -2006.