Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

29 Setembro de 2010 | 19h25 - Actualizado em 29 Setembro de 2010 | 19h24

Escritora promove literatura angolana em Gotemburgo

Suécia

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

   

Estocolmo – A escritora Maria Celestina Fernandes considerou hoje (quarta-feira), em Estocolmo (Suécia), positiva a sua participação na Feira do Livro de Gotemburgo, certame que ajudou a promover o nome de Angola, num dos mais importantes eventos literários da Escandinávia, realizado de 23 a 28 de Setembro.

A convite da Biblioteca Internacional de Estocolmo, a escritora foi a representante de Angola no evento internacional, realizado sob o lema “A África e A Literatura Africana”. Participou também, na capital sueca, Estocolmo, em diversas actividades alusivas à semana da Literatura Infanto-Juvenil.

Segundo uma nota da Embaixada de Angola em Estocolmo, a autora apresentou no referido evento o seu livro intitulado “União Arco-Íris”, traduzido e publicado para sueco com a chancela da editora Planta Rei.

No mesmo certame foram também expostos e vendidos outros livros desta escritora. Segundo a nota, que cita a escritora angolana, a exposição da sua vasta obra no certame foi bem recebida pelos leitores  

Conhecida por escrever livros infantis, romances e poesia, a obra desta escritora angolana poderá ser recomendada como material didáctico de professores de português que leccionam este idioma como segunda língua de algumas comunidades luso-falantes residentes na Suécia.

Maria Celestina Fernandes manteve encontros com representantes da Associação de Escritores da Suécia, do Instituto para o Livro Infantil e da Biblioteca Internacional de Estocolmo, editores, professores e bibliotecários, entre outros.

A margem da sua agenda de trabalho, manteve um encontro de cortesia com o Embaixador da República de Angola no Reino da Suécia, Países Nórdicos e Estados Bálticos da Lituânia e Estónia, Domingos Culolo.

A escritora, que termina a sua visita a Suécia no dia 30 Setembro, esteve entre os candidatos ao prémio literário internacional Astrid Lindgren de 2010, promovido pelo governo sueco e que foi ganho pela ilustradora belga Kitty Crowther.

A feira do livro de Gotemburgo, que ajudou a promover as literaturas africanas, incluindo a de língua portuguesa, contou também com a participação dos escritores angolanos António Fonseca, director-geral do Instituto Nacional das Indústrias Culturais, e de Ondjaki, pseudónimo literário de Ndalu de Almeida, do moçambicano Mia Couto e do luso-sueco Miguel Gullander, residente em Angola.

A Feira do Livro de Gotemburgo, cidade situada no Sul da Suécia, é organizada anualmente entre Agosto/Setembro no Centro de Exposições e Congressos da mesma cidade. O maior acontecimento cultural do livro e da biblioteca nos países Nórdicos recebeu mais de 100 mil visitantes.

Assuntos Angola  

Leia também