Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

28 Dezembro de 2012 | 23h15 - Actualizado em 28 Dezembro de 2012 | 23h15

Direcção Provincial da Cultura recupera monumentos e sítios

Bengo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Caxito - A Direcção Provincial da Cultura da Província do Bengo está empenhada na recuperação dos seus doze monumentos e sítios históricos, classificados pelo Ministério da Cultura, sendo que alguns deles apresentam problemas de conservação.

A informação foi avançada, nesta sexta-feira, à Angop, na cidade de Caxito, pelo director provincial da Cultura, Moisés Kafala, tendo referido que as autoridades locais estão a restaurar os monumentos e sítios, com vista a melhorar o aspecto desses lugares históricos e atraírem cada vez mais turistas, para a região.

Segundo o responsável, estão a beneficiar do projecto de restauração o edifício da antiga Câmara Municipal do Ambriz, construída entre os séculos XIX – XX, Igreja de São José (século XIX), localizada em Ambriz, Edifício do Chalé, em Caxito, onde actualmente funciona Governo Provincial do Bengo.

 Apontou ainda a Igreja da Nossa Senhora Santa Ana, localizada no município de Icolo e Bengo, Igreja de São João, em Ambriz, e Casa dos Escravos, em Ambriz, como outros dos monumentos também a beneficiarem de obras de restauração.

O director realçou que esses monumentos e sítios constituem uma mais-valia para o desenvolvimento turístico da província, visto que muitos turistas, nacionais e estrangeiros, procuram esses lugares para passeio, lazer e investigação histórica.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também