Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

03 Maio de 2012 | 17h34 - Actualizado em 04 Maio de 2012 | 14h18

João Maimona lança novo livro em Angola

Poesia

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

" Memória de Sombra", novo livro do poeta angolano João Maimona

Foto: Angop

Luanda – O novo livro do poeta angolano João Maimona, intitulado “Memória de Sombra”, será lançado brevemente em Angola, depois de já ter sido apresentado, em Abril, na Biblioteca da Universidade da Beira Interior, em Covilhã (Norte de Portugal).

Editada pela Editora Nós Somos, a obra contém mais de cem poemas e, segundo o autor, que falava hoje à Angop,  leva o leitor a instalar-se no tempo com uma miscelânea de aspectos distintos, como a construção e destruição, tristeza e alegria.

“O leitor, neste livro, vai igualmente aperceber-se de aspectos de contraste em que o homem olha para o mundo e olha para o homem que constrói e destrói.

Assim, Memória de Sombra, com 170 páginas, é uma entidade universal que tem a ver com o que se passa no nosso continente e o que se passa noutros pontos do planeta”, ressaltou. 

João Maimona enalteceu, por outro lado, o escritor angolano Luandino Vieira, por ter criado há um ano a editora Nós Somos, essencialmente para editar poetas angolanos, abrindo assim as portas para que estes penetrem no mercado do livro português.

“Sonhos na mão”, “Os Olhos no Céu”, “A Morte do Deserto”, “ As Fontes e as Cidades”, “ Nos Lábios”, “Ramos de gritos”, “Felizmente”, “Luz”, “Palavras”, “Estrelas”, fazem parte do conjunto de poemas do livro Memória de Sombra.

João Maimona nasceu a 8 de Outubro de 1955, em Kobokolo, Maquela do Zombo, província do Uíge.

Estudou Humanidades Científicas no ex-Zaire, actual República Democrática do Congo (RDC).

Em 1985, licenciou-se em Medicina Veterinária, pela Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Agostinho Neto (UAN), na província do Huambo.

João Maimona é diplomado em estudos superiores especializados de Virologia Médica e Epidemiologia Animal, pelo Instituto Pasteur de Paris e pela École Nationale Vétérinaire d'Alfort, em França.

Ex-deputado à Assembleia Nacional, de 1993 a 2000, foi membro fundador da Brigada Jovem de Literatura Alda Lara do Huambo. Poeta, dramaturgo e ensaísta, é membro da União dos Escritores Angolanos (UEA).

Com a obra “Trajectória Obliterada (1984)” e Idade das Palavras (1996) foi laureado duas vezes com o Prémio Sagrada Esperança.

Com um conjunto de textos que integram o livro “As Abelhas do Dia” (1987), foi distinguido com a medalha de bronze no Concurso Internacional de Poesia, organizado pela Academia Brasileira de Letras, na Cidade do Rio de Janeiro.

Figura em várias antologias publicadas na Bélgica, Brasil, Espanha, França, Inglaterra, Macedónia e Portugal.

João Maimona tem na sua bibliografia 11 livros poéticos, dentre os quais “ Trajectória Obliterada (1985), Traço de União (1987), Idade das Palavras (1997) e “Festa de Monarquia”(2001), dois de teatro designadamente “Diálogo com Peripécia (1987) e " As Colheitas do Senhor Governador"(2010), bem como dois ensaios, nomeadamente “As vias poéticas da esperança em Agostinho Neto (1989) e Desejo de liberdade e humanização em Agostinho Neto (2002).  

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 25/01/2019 17:08:47

    Artistas alemãs em Angola para troca de experiências

    Luanda - Uma comitiva composta por 13 artistas, entre actores, directores e técnicos da área de teatro, estão desde hoje, sexta-feira, em Luanda, para troca de experiência e intercâmbio cultural com fazedores de artes angolanos.

  • 25/01/2019 16:42:33

    Governo de Luanda institui prémios de cultura e arte

    Luanda - O governador da capital do país, Sérgio Luther Rescova, determinou por via de um despacho tornado público hoje, sexta-feira, instituir e convocar os prémios "Luanda" nas categorias de teatro, literatura, dança, artes plásticas e canção, a partir desse ano.

  • 24/01/2019 15:31:21

    Munícipes de Icolo e Bengo beneficiam de formação artística

    Icolo e Bengo - Duzentos e 50 munícipes, dos cinco aos 22 anos de idade, do município de Icolo e Bengo, em Luanda, beneficiam de formação em artes plásticas, teatro e dança no Centro cultural Agostinho Neto, em Catete.

  • 11/01/2019 12:55:56

    Psico-pedagogo lança "A gestão democrática da escola pública em Angola"

    Luanda - Uma obra científica, com o título "A gestão democrática da escola pública em Angola", do psico-pedagogo Ngangula Miguel de Sousa será lançada, no dia 26 de Janeiro, no Parque da Independência, em Luanda.