Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

17 Fevereiro de 2013 | 16h24 - Actualizado em 19 Fevereiro de 2013 | 12h59

Feira do Livro de Havana - uma janela aberta ao intelecto

Cuba

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Havana ( Dos enviados especiais) – A Feira Internacional do Livro de Havana 2013 continua a capitalizar a atenção de milhões de leitores e intelectuais graduados, que procuram diariamente, na histórica fortaleza de La Cabana, alimentar o intelecto e prestigiar o mais significativo acontecimento cultural de Cuba.

Fiéis ao princípio filosófico do nacionalista José Marti, segundo o qual “os livros consolam, acalmam, prepararam e enriquecem o espírito”, políticos, diplomatas, académicos, estudantes, turistas e trabalhadores comuns “mergulham” sem vacilo nessa tradicional festa cultural, como que buscando um sagrado pedaço de pão.

De vários cantos de Havana, a principal porta de entrada de um país eminentemente culto, partem jovens e idosos “apaixonados” pelo principal suporte e transmissor de conhecimentos científico acumulado pelos povos e nações: o livro.

Prova desse comprometimento são os mais de quatro milhões de exemplares produzidos e editados para dar suporte a Feira, em 2013, trazendo novos conteúdos e opções ao leitor.

Dedicada a Pedro Pablo Rodriguez e Daniel Chavaria, Prémio Nacional de Ciências Sociais e de Literatura, respectivamente, o evento que tem esse ano Angola como país convidado de honra surge como um espaço de diálogo a cerca de Cuba e do mundo.

Nessa amostra de dimensão mundial, que se iniciou no começo do Século XXI, abre-se uma oportunidade pura para compartilhar os milhares de exemplares postos à disposição de um público leitor massivo, preparado nos mais diversos campos e com capacidade e

disposição para participar nos debates culturais.

Para esse magno evento, mais de 50 títulos publicados por editoras cubanas correspondem a autores de Angola, que está presente com os seus próprios catálogos de livros em português, além de exposições de artes plásticas, artesanato, espectáculos de música, dança, teatro e uma amostra de cinema.

Mais de mil autores, investigadores e outros profissionais ligados a arte do livro, provenientes de 40 países de vários continentes, oferecem os seus próprios títulos e produções, participando num programa global que atrai, diariamente, milhões de visitantes.

A cifra de visitantes aos diferentes espaços da feira é tão considerável que chega a confundir-se com o público de um jogo de futebol ou plateia de um mega espectáculo músico-cultural, apinhando os diferentes espaços da fortaleza de La Cabanha.

Das 8:00 às 18:00, gente de várias sensibilidades, opções e condição social faz desse espaço o ponto privilegiado para afogar as mágoas, relançar a esperança e actualizar o conhecimento científico, fazendo do livro um instrumento de combate e uma janela aberta ao intelecto.

A feira decorre desde 14 de Fevereiro e prolonga-se até dia 24, pelo que se espera ainda, nos próximos dias, um crescendo no volume de visitantes e compradores, que se deixam “encantar” pela força de um dos mais nobres e ilustrativos produtos culturais: o livro.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 05/02/2019 17:00:27

    Escritora angolana Helena Dias em antologia no Brasil

    Luanda- A escritora angolana Helena Dias está inserida na antologia de textos literários de escritoras negras afro-brasileiras a ser publicada a 20 deste mês, no Estado de São Paulo (Brasil), soube nesta terça-feira à Angop.

  • 05/02/2019 16:47:25

    João Rosa Santos publica "Etu Mu Dietu" na sexta-feira

    Luanda - "Etu Mu Dietu, Crónicas ao Acaso", o mais recente rebento literário de João Rosa Santos, cujo lançamento estava previsto para Dezembro de 2018, sai apenas a público a 8 deste mês, em acto a ter lugar na União dos Escritores Angolanos (UEA).

  • 02/02/2019 02:11:17

    Resenha Cultural: Apresentação da Bienal de Paz de Luanda marca semana

    Luanda - A apresentação pública da primeira edição da Bienal de Paz de Luanda - Fórum Pan-Africano da Cultura da Paz em África, a acontecer entre 18 a 22 de Setembro deste ano, com a participação de 12 países, marcou a semana que hoje, sábado, termina.

  • 01/02/2019 12:19:24

    Bienal de Paz de Luanda marcada para Setembro

    Luanda - A primeira edição da Bienal de Paz de Luanda - Fórum Pan-Africano da Cultura da Paz em África acontece entre 18 a 22 de Setembro deste ano, com a participação de 12 países.