Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

13 Novembro de 2013 | 18h29 - Actualizado em 14 Novembro de 2013 | 10h32

Telenovela Windeck avança para o mercado internacional

A telenovela Windeck, produzida pela empresa angolana Semba Comunicação, vai alargar a distribuição nos mercados internacionais, nas línguas inglesa e francesa, bem como na língua original, o português.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Uma nota de imprensa da Semba Comunicação chegada hoje, quarta-feira, à Angop, indica que a empresa fez uma parceria com a Cote Ouest para que a sua novela, de enorme sucesso, seja disponibilizada em mercados internacionais nas línguas em referência.

Windhek, a primeira telenovela da Semba Comunicação, foi nomeada para os Emmys Internacionais 2013 na categoria "Telenovela" em concorrência directa com conteúdos brasileiros de referência.  

Com o subtítulo "Subir na vida tem um preço" Windhek explora as consequências da ambição desenfreada e seu preço dolorosamente elevado.

Mostra, refere-se na nota, o que as pessoas são capazes de fazer para atingir uma riqueza fácil e rápida. “ É uma história emocionante passada em Luanda e que revela os golpes daqueles que não medem esforços para alcançar os seus fins”, assevera-se no documento.

Centrada no dia-a-dia da redacção da revista Divo, um local onde o glamour se mistura com a ambição, paixões, intrigas e humor, numa trama que mostra o dia-a-dia na redacção da revista Divo, filmada em Luanda, Windeck é já um sucesso em Portugal.  

“Impulsionada pelo apelo universal das suas histórias humanas - que os maus se portam mal; que os bons se portam bem e os vão enfrentar; e que quem tem boas intenções ganha (quase) sempre. A uma surpresa total é como cada um chega ao seu destino!”, salienta-se.

Cote Ouest tem uma reputação de excelência e já representa, no mercado africano, marcas de prestígio como a Rede Globo de Televisão, Buena Vista Disney, Metro Goldwyn Mayer e CBS Paramount.

Assuntos Cultura   Província » Luanda  

Leia também
  • 09/02/2019 15:42:17

    Ministério da Cultura denuncia informações falsas sobre Bienal de Veneza

    Luanda - O Ministério da Cultura (Mincult) considerou, neste sábado, em Luanda, falsas e sem fundamento, as afirmações relativas a falta de reembolso de apoios inicialmente concedidos à participação do país, este ano, na 58.ª edição Bienal de Veneza.

  • 09/02/2019 04:44:03

    "Etu Mu Dietu" de João Rosa Santos já a venda

    Luanda - A obra literária "Etu Mu Dietu, Crónicas ao Acaso" do escritor angolano João Rosa Santos está a venda desde sexta-feira na sede da União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda.

  • 08/02/2019 13:48:16

    Angola espera participação massiva dos africanos na Bienal de Luanda

    Addis Abeba (Dos Enviados especiais) - A ministra angolana da Cultura, Carolina Cerqueira, pediu, nesta sexta-feira, em Addis Abeba, o apoio dos países membros da União Africana (UA) para que se unam ao projecto Bienal de Luanda, um evento de carácter continental de promoção da cultura de paz, a ter lugar de 18 a 22 de Setembro, na capital angolana.

  • 07/02/2019 12:39:57

    Ministra defende celeridade para regulamento urbano de Mbanza Kongo

    Mbanza Kongo - Celeridade e conjugação de esforços na elaboração do regulamento urbano para o Centro Histórico de Mbanza Kongo (Património Mundial), província do Zaire, foi defendida nesta quinta-feira, pela ministra do Ordenamento do Território e Habitação, Ana Paula Carvalho.