Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

09 Março de 2013 | 20h01 - Actualizado em 09 Março de 2013 | 20h01

Lançada segunda edição da obra literária "Amor sem barreiras"

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

  

Huambo - A segunda edição da obra literária "Amor sem Barreiras", da autoria de Augusto Salassa Roque Sapengo, foi lançada hoje, sábado, na cidade do Huambo, numa cerimónia orientada pelo advogado Crescenciano Sapi.

A obra, com seis capítulos, retrata problemas conjugais vividos no seio familiar e ajuda igualmente os jovens que pretendem realizar a sua vida amorosa a escolherem parceiros ideais, reeditada pela editora "Cão que Lê", em Portugal.

Em declarações à Angop, o escritor Augusto Roque Sapengo fez saber que a obra poética tem como tema central o amor, sendo a força que move a pessoa humana.

Segundo o autor, a 2ª edição da obra traz como novidades para os leitores a rectificação da linguagem do livro, de acordo com os padrões da literatura internacional, posfácio e a inclusão de duas poesias novas do mesmo auto, para além do próprio conteúdo que é

bastante convidativo para todos amantes da literatura.

A obra, cuja primeira edição foi lançada em 2010, conta a vida de um casal que por diferenças culturais eram impedidos de realizarem a vida conjugal numa determinada sociedade.

A obra relata três mensagens dirigidas aos leitores, no sentido de romperem com as diferenças culturais nas relações amorosas, a escolherem os parceiros ideais e a lutarem pelo seus sonhos.

Para a 2ª edição, foram extraídos mil explanares que serão vendidos, nos dias 9 e 10 de Março na praça do Jardim da Cultura e no mercado da Shoprite, respectivamente.

A cerimónia de lançamento, que decorreu no Anfiteatro da Biblioteca Constantino Camoli, foi assistida pelas entidades governamentais, políticas, sociedade civil e a classe académica da província.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também