Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

27 Fevereiro de 2015 | 12h11 - Actualizado em 27 Fevereiro de 2015 | 12h11

Estudantes do Zaire apresentam início da colonização de Angola

Moxico - A delegação do Zaire no Campo Nacional de Férias dos Estudantes Universitários (Canfeu) apresentaram nesta 13ª edição o início do processo de colonização de Angola, pelos portugueses, no âmbito das jornadas diárias do evento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em peça teatral, os estudantes apresentaram a chegada dos colonizadores na foz do rio Zaire, primeiros contactos com os natos, trocas comerciais e colonização propriamente dita.

A intervenção dos missionários e a luta de resistência dos angolanos, que culminou com a proclamação da Independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975, foram espelhadas no campo.

Durante a exibição, os académicos procurarem ilustrar os motivos para a ascensão de Mbanza Congo a património da humanidade, iniciativa do Executivo Angolano, que está a ser conduzida pelo Ministério da Cultura, na pessoa da sua titular, Rosa Cruz e Silva.

Mbanza Congo era a capital do Reino do Congo, em 1549.

No período nocturno, as delegações apresentam traços da história da sua província, de forma a interagirem com outras províncias, dando a conhecer a sua realidade.

A presente edição decorre de 23 a 28 do corrente, na cidade do Luena, agregando cerca de mil e 500 estudantes universitários.

O Canfeu é uma iniciativa da JMPLA realizada anualmente.

Assuntos Província » Moxico  

Leia também