Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

16 Março de 2017 | 18h23 - Actualizado em 16 Março de 2017 | 18h23

Defendida preservação da cultura por parte dos grupos carnavalescos

Luanda - Os grupos carnavalescos deverão ter maior preocupação e atenção na preservação dos traços identitários da cultura angolana, particularmente os ligados ao mundo do Carnaval, defendeu, nesta quinta-feira, em Luanda, o secretário de Estado da Cultura, João Constantino.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

União Njinga a Mbande defensor da Cabecinha

Foto: Pedro Parente

O responsável fez esse pronunciamento durante um encontro com representantes dos grupos carnavalescos União Twabixila, União 17 de Setembro, União Povo da Samba, União Kazukuta do Sambizanga e União Etu Mudietu, no âmbito de uma jornada de campo de avaliação dos preparativos relativos ao Carnaval 2018.

Sublinhou a necessidade das danças como a cabecinha, kazukuta e a dizanda serem preservadas e transmitidas às novas gerações, como forma de perpetuar a história cultural angolana.

João Constantino adiantou que, por serem estilos peculiares e executados por poucos grupos, essas danças devem merecer uma atenção especial dos agentes ligados ao Carnaval para permitir às novas gerações conhecer  aprender tais géneros de bailado.

Exortou aos grupos a apostar na integração de mais jovens nas colectividades carnavalescas como forma de se garantir a continuidade da festa do Entrudo.

Encorajou os grupos a se anteciparem na preparação para a próxima edição do Carnaval, no sentido de apresentarem-se condignamente na Nova Marginal, palco do Entrudo, em 2018.

 A presente edição do Carnaval de Luanda, na classe A, teve como vencedor o grupo União Mundo da Ilha, do distrito urbano da Ingombota.

Leia também