Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

18 Maio de 2017 | 11h16 - Actualizado em 18 Maio de 2017 | 12h51

Inovação e criatividade contribuem no desenvolvimento das sociedades

Luanda - O secretário de Estado da Cultura, Cornélio Caley, indicou nesta quinta-feira, em Luanda, a inovação e a criatividade como factores importantes no processo de afirmação e de desenvolvimento da sociedade angolana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cornélio Caley - Secretário de Estado da Cultura

Foto: Francisco Miúdo

Falando na cerimónia de abertura do debate sobre a "Transferência do conhecimento para o sector produtivo e a protecção da propriedade intelectual", o responsável afirmou que a inovação e a criatividade constituem a alavanca para o desenvolvimento dos diversos segmentos da sociedade, tendo em conta a produção de novos produtos.

Para tal, de acordo com o responsável, é essencial que se reconheça e se valorize o trabalho dos criadores angolanos, dando-lhes as condições essenciais para melhor desenvolverem a sua acção sem constrangimentos, com o intuito de colocar à dispor do público todo o seu saber.  

O evento, uma promoção do Ministério da Cultura,  vai desenvolver-se em torno dos painéis sobre “A geração do conhecimento e a sua transferência para o Sector produtivo”, “ A gestão administrativa das criações e inovações e a protecção da propriedade intelectual”, “A comercialização de produtos e bens inovadores” e “A implementação de Leis".

Durante dois dias, os participantes que são representantes dos diversos departamentos ministeriais e de associações ligadas ao sector cultural e produtivo, vão passar em revista questões ligadas à criação, registo de propriedade, bem como os direitos de autor e conexos.

O evento enquadra-se na estratégia do Executivo, através do Ministério da Cultura, no que a propriedade intelectual e protecção dos direitos de autor diz respeito.

Assuntos Angola  

Leia também