Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

17 Maio de 2017 | 12h33 - Actualizado em 17 Maio de 2017 | 12h35

Ministra da Cultura enaltece acção da Galeria de Arte da Missão Diplomática de Angola em Itália

Roma- A ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, considerou um exemplo de "diplomacia cultural prática" o Centro de Documentação e a Galeria de Arte da Missão Diplomática de Angola junto do Estado Italiano e das Agências das Nações Unidas em Roma.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Carolina Cerqueira visita Centro de Galeria da Embaixada de Angola na Itália

Foto: Cedida

A governante angolana fez esta observação ao visitar, terça-feira, a Missão Diplomática de Angola, em Roma, ida de Veneza, onde inaugurou no fim-de-semana o Pavilhão de Angola na 57ª edição da Bienal de Arte de Veneza, com uma exposição subordinada ao tema “Memória Magnética/Ressonância Histórica”.

O Centro de Documentação e Galeria de Arte da Representação de Angola na Itália, diariamente consultado por estudantes angolanos, italianos e público em geral, possui livros, maioritariamente, de escritores angolanos, peças de arte tradicional,  quadros de pintura de artistas nacionais, vídeos e material de carácter científico das três agências das Nações Unidas em Roma (FAO, FIDA e PAM). 

“É um exemplo de diplomacia cultural prática que nós, enquanto Departamento Ministerial de Cultura, iremos valorizar e apoiar para fazer crescer a nossa cultura em terras italianas”, escreveu a ministra no livro de visitas.

Acompanhada pelo Embaixador Florêncio de Almeida, Carolina Cerqueira percorreu os diversos sectores de trabalho da Embaixada, concentrando-se particularmente no Centro de Documentação e na Galeria de Arte, áreas que admirou com satisfação, tendo em conta o seu grau de organização e criatividade.

Acompanhou igualmente a ministra da Cultura, a Secretária de Estado das Relações Exteriores para a Cooperação, Ângela Bragança, que participou também na cerimónia de inauguração  da Bienal de Arte de Veneza 2017, ocorrida dia 13 de Maio.

No certame, que encerra dia a 26 de Novembro de 2017, a ministra da Cultura afirmou que a participação do país nesta exposição internacional comprova a disposição e disponibilidade do Estado em desenvolver e promover uma diplomacia cultural em todos níveis e o entrosamento das gerações.

Angola conquistou a 55ª Bienal de Veneza realizada em 2013, na sua primeira participação no evento, arrebatando o Leão de Ouro, o seu maior galardão.

Assuntos Angola  

Leia também