Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

31 Maio de 2017 | 13h16 - Actualizado em 31 Maio de 2017 | 13h16

Moxico: Estudantes querem salas para exposições

Luena - Estudantes ligados as artes de desenho e banda desenhada da cidade do Luena, na província do Moxico, defenderam hoje, quarta-feira, a abertura de mais salas de exposições de artes, no âmbito do processo de promoção da cultural local.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Director da Academia AMART MOXICO, Pitra Ungaji Liahunana

Foto: David Dias

Em declarações à Angop à margem do acto de encerramento do workshop sobre banda desenhada e desenho técnico, decorrido de 29 a 31 do corrente mês, numa promoção da Academia Mãos na Arte, o criador Laurindo Salomão, estudante da 11ª classe, diz possuir obras, porém ninguém os conhece por falta de salas próprias para expor as suas obras.

O estudante enalteceu a iniciativa do workshop, na medida em que vai ajudar a despertar o lado artístico de muitos jovens que desconhecem a arte e valorizar mais os fazedores.

Por sua vez Biabiana Chilenga, de 19 anos e a estudar a 10ª classe, explicou que procura há já algum tempo galerias de artes para fins de estudo mas sem sucesso, acreditando que os talentos descobertos no workshop vão colmatar a insuficiência de artistas.

Para tal, advoga que a abertura de mais salas permitirão ceder espaço aos criadores, além de promover o turismo, uma vez que a arte está intrinsecamente ligada ao excursionismo.

Já Joel Mboca lembrou que no Luena existem salas que só necessitam de mais divulgação para serem mais frequentadas.

Solicitou aos fazedores de artes e a direção da cultura que criem medidas de intercâmbio para que em conjunto possam encontra mecanismos de promoção da arte da pintura, música e teatro.

O director da organização promotora do workshop Mãos na Arte, Pitra Ungaji Liahunana, disse que os objetivos da actividade, de incentivar os artistas e amantes da arte a primarem em boas acções, foram alcançados.

A actividade, que terminou hoje, juntou mais de 80 estudantes do Centro Educativo Maria Auxiliadora (CEMA), Instituto Médio de Administração e Gestão (IMAG), Escola de Formação de Professores 4 Abril e do I e II ciclo camarada Tchifuchi.

Assuntos Cultura   Província » Moxico  

Leia também
  • 03/11/2018 16:29:59

    Matias Damásio quer conquistar mercado latino

    Luanda - O cantor e compositor angolano Matias Damásio tem trabalhado para conquistar outros mercados, fundamentalmente o público latino, afirmou hoje (sábado), em Luanda, o músico.

  • 02/11/2018 15:13:45

    Tradição de Mbanza Kongo assemelha-se com a do Israel, diz embaixador

    Mbanza Kongo - O embaixador de Israel em Angola, Oren Rozenblat, afirmou quinta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, que parte da tradição da antiga capital do Reino do Kongo assemelha-se com a do seu país, sobretudo em termos das 12 fontes desta cidade património com as 12 tribos.

  • 30/10/2018 20:43:59

    Músico Gabriel Tchiema defende shows com banda

    Saurimo - O músico Gabriel Tchiema defendeu hoje, terça-feira, na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, a necessidade dos cantores angolanos a ganharem o hábito de actuarem com banda, por garantir melhor qualidade do espectáculo.

  • 29/10/2018 21:24:21

    Escritor Cornélio Caley inicia funções na AAL

    Luanda - O escritor angolano Cornélio Caley foi empossado nesta segunda-feira, em Luanda, como membro da Academia Angolana de Letras, durante uma cerimónia realizada no Memorial António Agostinho Neto(MAAN).