Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

10 Julho de 2017 | 07h17 - Actualizado em 10 Julho de 2017 | 08h00

UNESCO recomenda relançamento das industrias culturais em Mbanza Kongo

Luanda- O director do Comité do Património Mundial da UNESCO, Edmond Moukala, recomendou neste domingo, em Cracóvia (Polónia) a implementação de um programa de relançamento das indústrias culturais, de forma a gerar emprego e desenvolvimento sustentável na cidade do Mbanza Kongo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Edmond Moukala, director do comité Património mundial da unesco

Foto: Francisco Miúdo

Falando durante um encontro com a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, à margem da 41ª sessão do Comité do Património Mundial, na qual o Centro Histórico de Mbanza Kongo ganhou o estatuto de património mundial, o responsável da Unesco informou que serão priorizadas as áreas da formação das jovens gerações com valores como a equidade, justiça, o respeito pelos anciãos e a solidariedade intrinsecamente enraizados nas tradições e costumes da região que abrange, além de Angola, a República Democrática do Congo, República do Congo e Gabão.

Edmond Moukala recomendou ainda que sejam disponibilizadas verbas do Estado para a realização, a médio e longo prazo, de festivais inter-regionais que promovam Mbanza Kongo como Património Mundial.

Por seu turno, a ministra Carolina Cerqueira agradeceu o apoio e colaboração da UNESCO a nível técnico, diplomático e institucional para o sucesso desta candidatura, que foi suportada financeiramente na sua totalidade pelo Estado angolano.

O encontro, que contou com as presenças do embaixador de Angola junto da Unesco, Diankumpuna N’sadisi Sita José, e quadros seniores do Ministério da Cultura versou sobre Mbanza Kongo como Património Mundial da Humanidade e a integração das comunidades no seu desenvolvimento.

A 41ª sessão do Comité do Património Mundial da Unesco tem o seu término previsto para o dia 12 na Cracóvia, Polónia.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 10/07/2017 16:46:15

    Países com bens classificados como património mundial devem criar centros de pesquisa

    Luanda- A criação ou o desenvolvimento de centros nacionais ou regionais de formação nos domínios da protecção, conservação e valorização do património cultural e natural e encorajar a pesquisa científica constam das exigências da Unesco que devem ser observados pelos países com um bem cultural ou natural inscrito como património mundial, segundo o postulado na Convenção para a Protecção do Património Mundial Cultural e Natural.

  • 08/07/2017 16:50:52

    Cultura destaca dedicação de Chó do Guri no mundo das letras em Angola

    Luanda- O Ministério da Cultura destacou neste sabado, em Luanda, a dedicação da escritora Chó do Guri no mundo das letras em Angola.

  • 08/07/2017 11:48:34

    Inclusão do Centro Histórico de Mbanza Kongo como Património Mundial marca semana

    Luanda- O anúncio da inscrição do Centro Histórico da Cidade de Mbanza Kongo a Património Mundial, fruto da sua inclusão na lista de bens e sítios culturais sob a protecção da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), mereceu destaque entre os noticiários da semana que hoje, sábado, termina.