Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

02 Novembro de 2018 | 15h13 - Actualizado em 02 Novembro de 2018 | 15h12

Tradição de Mbanza Kongo assemelha-se com a do Israel, diz embaixador

Mbanza Kongo - O embaixador de Israel em Angola, Oren Rozenblat, afirmou quinta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, que parte da tradição da antiga capital do Reino do Kongo assemelha-se com a do seu país, sobretudo em termos das 12 fontes desta cidade património com as 12 tribos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Embaixador do Israel, Oren Rozenblat

Foto: Roque Milton

Em declarações à imprensa no final da visita efectuada a locais de interesse histórico e cultural desta cidade elevada a património mundial a 08 de Julho de 2017, o diplomata reconheceu que a história desta antiga capital do reino do Kongo é tão antiga como a do Israel.

Oren Rozenblat admitiu que os rituais praticados pelas autoridades tradicionais do Lumbo (Corte Real Kongo) assemelham-se aos do Israel, principalmente a forma de recepção de um visitante, agraciando-o com uma bebida tradicional.

“As nossas tradições remontam a séculos e respeitámo-las, tal como a população de Mbanza Kongo continua também a preservar os usos e costumes dos seus ancestrais”, assinalou.

Muitas pessoas pensam que por estarmos a viver tempos modernos, devemos esquecer as nossas tradições. O que somos hoje é o reflexo do passado, acrescentou a fonte.

Reconheceu o empenho das autoridades angolanas na preservação e conservação do mosaico histórico-cultural nacional, bem como os esforços empreendidos na inscrição da cidade de Mbanza Kongo na lista do património mundial da Unesco.

Durante a sua estada de 48 horas na província do Zaire, o embaixador israelita acompanhado pelo governador local, Pedro Makita Armando Júlia, inteirou-se das potencialidades históricas, culturais e económicas dos municípios de Mbanza Kongo, Soyo e Tomboco.

Assuntos Cultura   Província » Zaire  

Leia também