Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

01 Março de 2018 | 07h39 - Actualizado em 01 Março de 2018 | 07h38

Dom Caetano garante apoio a famílias de músicos falecidos

Luanda - Parte das receitas resultantes da venda do disco "Esperança Divina", a ser efectuada em Abril deste ano, será doada às famílias dos músicos falecidos Zé Keno e Beto de Almeida, anunciou nesta quarta-feira o artista Dom Caetano - autor da obra.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

músico Dom Caetano

Foto: António Escrivão

Dom Caetano fez esta promessa durante  uma  conferência  de  imprensa  organizada  pela   Produtora  Arca Velha , com o objectivo  de apresentar  os artistas Halison Paixão, Dom Caetano, Kanda, Chelsy Shantel,   Serafina Sanches, Isidora Campos e Damásio Brothers, que agora se vincularam à promotora.

De  acordo com  o cantor, tal desejo representa  uma forma  de apoiar as famílias dos colegas  já  falecidos e também  é  um gesto  de  reconhecimento  pelo  contributo  que eles  prestaram    à música nacional.

Embora os músicos já não vivam, disse o interlocutor, serão  sempre  lembrados  pelas  suas verticalidades, pois ambos, apesar  de pertencerem a gerações  diferentes, deixaram  a sua marca  no panorama musical.

“Para  mim, tanto o Zé Keno, com quem trabalhei  durante muitos e bons anos,  quanto o Beto de Almeida,que deu a sua  contribuição  para o engrandecimento da  nossa cultura, representam uma referência incontornável  da música urbana angolana", reforçou.

Por seu turno, Matias Damásio, responsável da produtora  Arca Velha, adiantou  que logo a seguir as vendas  do novo disco do Dom Caetano (28 de  Abril ) será  realizada igualmente uma gala e as receitas  também terão  a mesma finalidade, o apoio às famílias dos músicos falecidos.

Zé Keno  faleceu  a 4 de Agosto de 2017. Iniciou a sua carreira musical em 1968, ano em que fundou o agrupamento Jovens do Prenda, na companhia dos músicos Chico Montenegro, Didi da Mãe Preta, Tony do Fumo e Augusto Chacaya.

Já Roberto Tiago da Silva de Almeida (Beto  de Almeida) morreu em Outubro de 2013. Nasceu ao 8 de Novembro de 1976, na província do Cuando Cubango, tendo feito grande parte da sua carreira ao lado do irmão Moniz de Almeida.

Assuntos Angola   Música  

Leia também
  • 12/03/2018 14:19:51

    Secretária de Estado da Cultura advoga maior coesão nas famílias

    Luanda - A coesão entre as famílias e o reforço das acções de sensibilização contra a violência doméstica foram apontadas nesta segunda-feira, em Luanda, pela secretária de Estado da Cultura, Maria da Piedade de Jesus, como factores essenciais para o alcance dos objectivos destinados ao desenvolvimento sustentável e a melhoria do bem-estar social e económico das famílias.

  • 11/03/2018 14:52:30

    Nerú Americano e Zona 5 autografam Cd's no Lubango

    Lubango - Os músicos Nerú Americano, Filho do Zua e o grupo Zona 5 venderam e autografaram hoje, no Lubango, província da Huíla, as suas mais recentes obras discográficas, numa sessão concorrida realizada num dos centros comerciais da cidade.

  • 09/03/2018 15:45:00

    Portugal: Actividade cultural marca Dia Internacional da Mulher

    Lisboa (Da correspondente) - Uma actividade cultural angolana denominada ”Mulher Mirabilis” marcou nesta quinta-feira, em Lisboa, as comemorações do 8 de Março, Dia Internacional da Mulher.

  • 09/03/2018 13:33:49

    INAR e Direcção Nacional da Cultura com novos responsáveis

    Luanda - As direcções nacionais para os Assuntos Religiosos (INAR), da Cultura, para as Autoridades Tradicionais e do Festival Nacional de Cultura (Fenacult) foram reforçadas nesta sexta-feira, em Luanda, com a nomeação dos respectivos directores, pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira.