Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

16 Abril de 2018 | 12h10 - Actualizado em 18 Abril de 2018 | 10h44

Museu Regional da Huíla com mais de mil peças inventariadas

Lubango - Mil e 869 peças de colecção etnográfica, simbolizando hábitos e costumes dos povos do sul de Angola (Huíla, Cunene, Namibe e Cuando Cubango) estão catalogadas no Museu Regional da província da Huíla desde 2004, algumas em exposição e outras em depósito.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Soraia Ferreira - directora do muesu regional

Foto: Amélia Oliveira

Museu Regional da Huíla

Foto: JOSÉ FILIPE

A informação foi avançada hoje, segunda-feira, à Angop, na cidade do Lubango, pela directora do Museu Regional da Huíla, Soraia Ferreira, tendo detalhado que da colecção constam trezentas peças em exposição e outras mil e 569 que se encontram armazenadas num depósito, devido a falta de espaço na instituição.

Além do conjunto etnográfico, a responsável fez saber que o museu possui igualmente um acervo fotográfico, com duas mil imagens, que retratam o processo de construção da cidade do Lubango e penteados tradicionais de mulheres do sul do país.

“Temos ainda uma colecção com cerca de 200 selos, mil postais e 30 moedas de kwanza e escudos, bem como uma colecção arqueológica do período paleolítico superior, assim como um conjunto bibliográfico com cinco mil livros”, acrescentou. 

Referiu que a direcção do museu tem estado a trabalhar para melhorar, cada vez mais, os serviços prestados ao público, com a implementação de diversos projectos com destaque para o “Museu ao encontro das comunidades” e o “Contador de Estórias”.

Apontou a remodelação da exposição museológica como um dos projectos mais ambiciosos da instituição, tendo salientado que para a materialização desse plano o museu carece de apoios por parte de patrocinadores.

Essa remodelação, explicou, tem o objectivo de tornar a exposição mais moderna e atractiva para os visitantes.

O Museu Regional da Huíla alberga ainda uma colecção etnografia portuguesa, em fase de inventariado, além de estátuas e bustos de personalidades da época colonial como Luís de Camões, João de Almeida, Hagapito de Carvalho, entre outras individualidades.

O museu funciona desde 1956 e possui oito salas temáticas, divididas por áreas que retratam a história e o modo de vida dos povos sul de Angola, como a pastorícia e caça, instrumentos musicais, crenças, poder e espiritualidade, objectos de adorno, agricultura, pescas, cestaria, olaria, entre outras actividades.

Assuntos Museus   Província » Huíla  

Leia também
  • 05/11/2018 12:40:33

    Futuro museu projectado para os países integrantes do antigo Reino do Kongo

    Mbanza Kongo - A estrutura arquitectónica do futuro museu do Reino do Kongo a ser erguido na cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire, comportará três pilares que simboliza os três países que integravam o antigo Reino, nomeadamente República Democrática do Congo, Congo Brazzaville e Gabão, afirmou domingo, nesta cidade, o director do gabinete local da Cultura, Biluka Nsakala Nsenga.

  • 28/10/2018 18:44:52

    Estudante Cléusia Caetano eleita miss Chibia

    Chibia - A estudante do ensino médio Cléusia Caetano, de 20 anos de idade, foi eleita hoje, domingo, miss Chibia 2018, em num concurso que contou com a participação de 13 candidatas.

  • 17/10/2018 12:28:57

    José Lucas vence fase provincial do Variante na Huíla

    Lubango - O músico José Capitango Lucas venceu na noite de terça-feira a fase provincial do festival de música popular angolana "Variante", com 105,5 pontos.

  • 15/10/2018 05:16:11

    "Falso Perfil" estreia nos cinemas em Novembro

    Lubango - Falso Perfil é o título de um filme angolano que alerta para os perigos das redes sociais e que tem como protagonistas os actores Sílvio Nascimento e a ex-miss Angola Micaela Reis, cuja estreia, nos cinemas, deve acontecer em Novembro deste ano.