Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

04 Maio de 2018 | 17h23 - Actualizado em 05 Maio de 2018 | 15h23

Estudante angolano lança livro na China

Luanda - O estudante angolano Hortêncio Cassemene lançou, quinta-feira (3), o seu segundo livro intitulado "O Estrangeiro", na cidade de Chongqing, República Popular da China, com uma tiragem inicial de mil exemplares.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Hortêncio Cassemene, Escritor Angolano

Foto: Foto cedida

Hortêncio Cassemene, Escritor Angolano

Foto: Foto cedida

Em declarações à Angop, o autor disse que o livro, traduzido nas línguas portuguesa, inglesa e mandarim, aborda aspectos ligados à auto-ajuda, para auxiliar as pessoas em processos de adaptação psicológica, social e académica.

Referiu que nas 277 páginas do livro, os leitores poderão conhecer os desafios vividos por emigrantes e quais as formas positivas de reagir às adversidades em países estrangeiros.

Fez saber que a experiência contida na sua segunda obra, lançada na Universidade de Telecomunicações e Correios de Chongqing, onde estuda, baseia-se na sua vivência e de outras pessoas na China.

Salientou que apesar do livro abordar experiência de estudantes na China, o manual pode também ser útil a emigrantes que vivem em outras partes do mundo.

Hortêncio Cassemene, de 26 anos de idade, que tem feito trabalhos de pesquisas em física quântica, lei da atracção e hipnose, é natural da província do Moxico.

Em 2015, Hortêncio Cassemene publicou o seu primeiro livro intitulado “Caminhos”.

O autor vive na China, há seis anos, onde frequenta o terceiro ano do curso de Engenharia de Segurança da Informação, na Universidade de Telecomunicações e Correios de Chongqing.

Assuntos Ensino  

Leia também