Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

13 Junho de 2018 | 21h41 - Actualizado em 14 Junho de 2018 | 12h54

Ministra da Cultura destaca papel das autoridades tradicionais

Luanda - As autoridades tradicionais têm um papel de relevância na resolução dos problemas sociais nas comunidades em que estão inseridas, por serem o elo entre as populações e o Executivo, afirmou nesta quarta-feira, em Menongue, a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

ministra da cultura, carolina cerqueira (ao centr.) durante um encontro com autoridades tradicionais

Foto: Rosario dos Santos

De acordo com a ministra, que falava durante um encontro com o rei Carlos Kangandzi Mukuva V do Cuchi, as autoridades tradicionais funcionam como “os mensageiros” das comunidades, levando a mensagem sobre as principais necessidades das comunidades e as melhores vias para a resolução das mesmas.

Segundo Carolina Cerqueira, para a melhor aplicação das acções destinadas ao desenvolvimento das comunidades, o governo conta com a preciosa ajuda das autoridades tradicionais, tendo em conta que trabalham directamente com os membros das suas comunidades.

Carolina Cerqueira adiantou que o Executivo está determinado em resolver os problemas das populações, mas para a concretização deste desiderato é necessário o empenho, a entrega e o sentido de Estado, de solidariedade e abnegação de todos os angolanos.

Por seu turno, o rei Carlos Kangandzi Mukuva V solicitou a ministra para intervir junto dos demais organismos do Estado, com particular realce para a educação e saúde, no sentido de gizarem mais acções que contribuam para o aumento da oferta nos sectores em causa.

O rei afirmou que, com a construção de mais escolas, se poderá tirar ou evitar com que a juventude enverede por práticas contrárias a lei e a ordem, concentrando-se na formação académica e profissional.

Solicitou ainda a construção de uma embala que possa representar condignamente o poder da autoridade tradicional na região, valorizando, desta forma, os hábitos e costumes da província do Cuando Cubango.

A autoridade tradicional considerou igualmente importante que o Executivo promova acções que possam ajudar a preservar, valorizar e promover a cultura e hábitos dos povos Khoisan que habitam no Cuando Cubango.

Durante dois dias, a ministra da Cultura manteve encontro de trabalho com o governador, com as autoridades religiosas e tradicionais, com os quadros do sector e visitou diversas infra-estruturas cultural na província do Cuando Cubango.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 15/06/2018 07:03:44

    Santuário da Muxima entra para o roteiro turístico do país

    Luanda - A ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, disse no município da Quissama, em Luanda, que a requalificação da vila e do Santuário da Muxima, bem como a construção da Basílica tornará o espaço num postal para Angola.

  • 14/06/2018 11:04:35

    Escritora Ana Maria de Oliveira publica Kauyka em línguas nacionais

    Luanda - A escritora Ana Maria de Oliveira, em parceira com a União dos Escritores Angolanos (UEA), procedem neste sábado, 16, ao lançamento da colecção ?Kauyka? em línguas nacionais umbundu, kikongo, ngangela, kimbundu, cokwe oshikwanyama, para marcar os 19 anos do surgimento da colecção no mercado literário.

  • 09/06/2018 06:01:14

    Avaliação do estado das infra-estruturas culturais marca semana

    Luanda - A jornada de campo dos ministros da Cultura, Carolina Cerqueira, e da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida, destinada a avaliar o estado das infra-estruturas do antigo edifício da Assembleia Nacional, da Tourada, do Teatro Avenida e do Cine Nacional marcou a semana de educação e cultura que hoje, sábado, termina.