Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

24 Agosto de 2018 | 02h02 - Actualizado em 24 Agosto de 2018 | 02h01

Cinquenta obras na exposição "Por uma Luanda com Alma"

Luanda - Vinte quadros e trinta pinturas podem ser vistos em céu aberto desde quinta-feira, na rua dos Mercadores (baixa de Luanda), numa exposição denominada "Por uma Luanda com Alma".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Curadora da exposição sobre a rua dos marcadores, Susana Matos

Foto: Nelson Malamba

A exposição, que estará patente durante três dias, tem como objectivo mostrar à sociedade o estado de esquecimento e degradação da rua dos Mercadores, local histórico e marcante do século 18 ao 20.

Para esta actividade, onde participam vários artistas plásticos, entre angolanos e brasileiros, foram utilizados vários matérias entre madeira, cordas, plásticos e tintas. Para as técnicas, utilizou-se fotografias e grafites.

As obras representam cenários que tornaram a rua conhecida no tempo colonial, com destaque para o comércio e actividades culturais.

Às visitas são gratuítas e as obras podem ser vistas 24h por dia.

Na abertura do evento, a curadora Susana Matos deu a conhecer que actividade é umas das formas que encontraram para homenagear a rua dos Mercadores e mostrar as autoridades a necessidade  de  remodela-la.

Informou, também, que a mostra tem como objectivo contar a historia desta via, para que os jovens possam saber a importância do local histórico.

A rua dos Mercadores testemunhou muitas histórias da cidade, que a levou a ser classificada como conjunto representativo do Património Histórico Cultural de Angola.

Assuntos Cultura   Província » Luanda  

Leia também
  • 03/11/2018 16:29:59

    Matias Damásio quer conquistar mercado latino

    Luanda - O cantor e compositor angolano Matias Damásio tem trabalhado para conquistar outros mercados, fundamentalmente o público latino, afirmou hoje (sábado), em Luanda, o músico.

  • 02/11/2018 15:13:45

    Tradição de Mbanza Kongo assemelha-se com a do Israel, diz embaixador

    Mbanza Kongo - O embaixador de Israel em Angola, Oren Rozenblat, afirmou quinta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, que parte da tradição da antiga capital do Reino do Kongo assemelha-se com a do seu país, sobretudo em termos das 12 fontes desta cidade património com as 12 tribos.

  • 30/10/2018 20:43:59

    Músico Gabriel Tchiema defende shows com banda

    Saurimo - O músico Gabriel Tchiema defendeu hoje, terça-feira, na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, a necessidade dos cantores angolanos a ganharem o hábito de actuarem com banda, por garantir melhor qualidade do espectáculo.

  • 29/10/2018 21:24:21

    Escritor Cornélio Caley inicia funções na AAL

    Luanda - O escritor angolano Cornélio Caley foi empossado nesta segunda-feira, em Luanda, como membro da Academia Angolana de Letras, durante uma cerimónia realizada no Memorial António Agostinho Neto(MAAN).