Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

26 Agosto de 2018 | 11h33 - Actualizado em 27 Agosto de 2018 | 11h10

Escritor coloca no mercado "O interior da luz"

Malanje - Uma obra literária do escritor António Agostinho José Sebastião "Kibuku Kianjinje", intitulada "O interior da luz", será lançada no mercado nacional a 31 deste mês, em Malanje. , visando contribuir no desenvolvimento do acervo cultural nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Escritor Kibuku Kiajinje

Foto: cedida

Em entrevista sábado à Angop, o autor disse que o livro de 88 páginas, comporta 83 poemas de sua autoria que retratam diversos aspectos culturais e paisagistico, predominantes de Malanje e do país em geral.

Terá uma tiragem inicial de mil cópias a serem comercializadas no valor de 2 mil kwanzas cada.

Acrescentou que a obra constitui também uma proposta literária do acervo cultural, do potencial humano e do renascimento do povo africano, bem como a esperança e a fé como foco para a liberdade espiritual da vida humana.

“Mãe África e a sua amada filha Malanje”, é uma das poesias do livro, que segundo Kibuku Kianjinje, inspirou a criação do “Interior da luz”, com intuito de reflectir sobre o quotidiano da sociedade, sobretudo o imediatismo e

materialismo da juventude, que vem pondo de lado o amor e respeito ao próximo, a espiritualidade e outras condutas que advêm do interior dos humanos e que conduzem a pessoa ao amor, em detrimento dos bens materiais.

O interior da luz, disse, está dívido em três capítulos, nomeadamente o nascimento do dia, que retrata as dificuldades das pessoas no dia-a-dia, a noite, que destaca individuos que vivem as mesmas dificuldades e o amanhecer, que traz conselhos sobre como sair das dificuldades.

“As vezes sofremos sem saber porque, ou porque queremos coisas distantes do nosso alcance e ignoramos coisas valiosas que estão muito próxima de nós”, enfatizou,acrescentando que o interior da luz espelha este aspecto

e ajuda a compreender o seu sentido, por isso vem elucidar as pessoas de que a felicidade não reside apenas na posse de bens materiais, mas sim no amor e na paz espiritual, que vem se degradando ao longo dos tempos nas sociedades.

O escritor apelou aos cidadãos para a construção de sociedades harmonizadas, começando com a edificação das personalidades com os alicerces do amor, da paz e do trabalho, evitando a cobiça dos bens alheios.

O interior da luz foi editado pela Editora Cácias, em Luanda e conta com participações do Grupo Sós Poetas, de Portugal.

Natural de Malanje, Kibuku Kianjinji perspectiva o lançamento, em breve, das obras “Crónicas e verdades, versos e contos de amor, insónia e insonolências, dedos de arte e utopia da ecatombecidade macrocomica social”.

Leia também
  • 03/11/2018 16:29:59

    Matias Damásio quer conquistar mercado latino

    Luanda - O cantor e compositor angolano Matias Damásio tem trabalhado para conquistar outros mercados, fundamentalmente o público latino, afirmou hoje (sábado), em Luanda, o músico.

  • 02/11/2018 15:13:45

    Tradição de Mbanza Kongo assemelha-se com a do Israel, diz embaixador

    Mbanza Kongo - O embaixador de Israel em Angola, Oren Rozenblat, afirmou quinta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, que parte da tradição da antiga capital do Reino do Kongo assemelha-se com a do seu país, sobretudo em termos das 12 fontes desta cidade património com as 12 tribos.

  • 30/10/2018 20:43:59

    Músico Gabriel Tchiema defende shows com banda

    Saurimo - O músico Gabriel Tchiema defendeu hoje, terça-feira, na cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, a necessidade dos cantores angolanos a ganharem o hábito de actuarem com banda, por garantir melhor qualidade do espectáculo.

  • 29/10/2018 21:24:21

    Escritor Cornélio Caley inicia funções na AAL

    Luanda - O escritor angolano Cornélio Caley foi empossado nesta segunda-feira, em Luanda, como membro da Academia Angolana de Letras, durante uma cerimónia realizada no Memorial António Agostinho Neto(MAAN).