Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

06 Setembro de 2018 | 16h20 - Actualizado em 07 Setembro de 2018 | 09h31

Angola transmite experiência da paz em Paris

Luanda - A República de Angola vai transmitir a sua experiência sobre a cultura da paz e diálogo inter-religioso, no âmbito da Conferência Internacional sobre a Paz a ser realizada de 17 a 19 deste mês, na sede da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em Paris (França).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sita José, Embaixador de Angola junto da UNESCO

Foto: Cedida

O evento, que terá como tema principal o diálogo e educação interculturais e inter-religiosos para um mundo de paz, harmonia e tolerância, numa iniciativa das delegações permanentes junto da organização, principalmente dos continentes africano e asiático.

A actividade servirá para os convidados fazerem uma abordagem profunda sobre o contributo das igrejas nos processos de consolidação da paz e diálogo entre os povos.

O embaixador de Angola na UNESCO, Sita José, disse, em declarações hoje, quinta-feira, à Angop, que trata-se de uma iniciativa em que o país terá, mais uma vez, a oportunidade de passar a sua experiência sobre a intervenção da igreja no processo de consolidação da paz em parceria com os Estados.

“O móbil do evento é transmitir as vivências dos países no que concerne à promoção do diálogo intercultural, inter-religioso e o papel da educação na consolidação e construção da paz, da harmonia e das vivências nas comunidades”, adiantou.

O diplomata avançou que Angola foi solicitada a intervir, principalmente, pela experiência no processo exemplar de reconciliação e de pacificação com a contribuição das igrejas, para a conquista e preservação da paz.

Para a Sita José, trata-se de uma grande oportunidade para o país mostrar, mais uma vez, a experiência nesta matéria, pela maneira ordeira como decorreu o processo de harmonização dos espíritos dos angolanos.

Referiu ser um orgulho para os filhos de Angola o facto de ter-se alcançado a almejada paz de forma interna e que se mostra duradoura.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 06/02/2019 13:28:35

    Centro Cultural do Zango abre-se para a música gospel

    Luanda - Um show solidário marcado para o dia 3 de Março vai abrir as portas do Centro Cultural do Zango, município de Viana (Luanda), para a música gospel.

  • 05/02/2019 17:00:27

    Escritora angolana Helena Dias em antologia no Brasil

    Luanda- A escritora angolana Helena Dias está inserida na antologia de textos literários de escritoras negras afro-brasileiras a ser publicada a 20 deste mês, no Estado de São Paulo (Brasil), soube nesta terça-feira à Angop.

  • 05/02/2019 16:47:25

    João Rosa Santos publica "Etu Mu Dietu" na sexta-feira

    Luanda - "Etu Mu Dietu, Crónicas ao Acaso", o mais recente rebento literário de João Rosa Santos, cujo lançamento estava previsto para Dezembro de 2018, sai apenas a público a 8 deste mês, em acto a ter lugar na União dos Escritores Angolanos (UEA).

  • 02/02/2019 02:11:17

    Resenha Cultural: Apresentação da Bienal de Paz de Luanda marca semana

    Luanda - A apresentação pública da primeira edição da Bienal de Paz de Luanda - Fórum Pan-Africano da Cultura da Paz em África, a acontecer entre 18 a 22 de Setembro deste ano, com a participação de 12 países, marcou a semana que hoje, sábado, termina.