Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

11 Janeiro de 2019 | 00h13 - Actualizado em 11 Janeiro de 2019 | 00h13

Músico Tiviné ultima preparativos para lançamento do seu terceiro disco

Lobito - O músico angolano Tiviné anunciou, nesta quinta-feira, na cidade do Lobito, em Benguela, que pretende lançar ainda este ano a sua terceira obra discográfica, a ser editada na África do Sul, seis anos depois do álbum “Ulanda”.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Falando à Angop, o músico, natural do Cuanza-Sul, contou que o disco está praticamente terminado e contém dez temas musicais, duas das quais da autoria do grupo Semba Muxima e outra do músico Mário Cajibanga.

Com o suporte de músicos do Lobito, Catumbela e Benguela, a obra discográfica, com o título ainda por definir, estava inicialmente para ser editada o ano passado, mas dificuldades financeiras alteraram os planos de Tiviné e do seu patrocinador Galante Produções.

Deu a conhecer que o seu trabalho funde estilos musicais diversos, como o kilapanga, nhátcho, tchianda, entre outros, cantados nas línguas nacionais Kimbundo, Ngóia, Kikongo e Umbundu, de forma a divulgação da música folclórica angolana.

Em relação ao actual movimento artístico em Benguela, Tiviné lamentou a falta de realização de espectáculos. Ao mesmo tempo, apelou aos agentes da Cultura e promotores de eventos no sentido de procurarem soluções para que a província saia do marasmo em que se encontra.

No entanto, disse que tem participado apenas em actividades culturais promovidas pelo MPLA ou em casamentos, baptizados e aniversários e que, por isso, mostra-se agora expectante com o novo álbum que espera lançar neste ano. 

Tiviné, nome artístico de Jaime Neves da Costa, é residente na cidade do Lobito, e lançou o seu primeiro disco em 1998 com o quinteto Njando formado por si, e do qual era líder, enquanto o segundo álbum foi lançado em 2013, altura que deu início a sua carreira a solo.

O músico conta com duas internacionalizações na República Federativa do Brasil, nomeadamente nas cidades de Brasília e da Baía, nos anos de 2015 e 2017, respectivamente.

Leia também
  • 08/01/2019 20:48:10

    Cine Baía no Lobito pode ser recuperado este ano

    Lobito - O director municipal dos Assuntos Sociais do Lobito, Henrique Pascoal, garantiu, nesta terça-feira, a recuperação, ainda para este ano, da sala do cine Baía, com vista a apoiar os artistas na promoção de espectáculos.

  • 18/12/2018 22:59:34

    Contos de Gociante Patissa já nas mãos dos leitores do Lobito

    Lobito - Um ano depois do seu lançamento no Brasil, em Novembro de 2017, o livro de contos "O Homem Que Plantava Aves", do escritor angolano Gociante Patissa, chegou às mãos dos leitores no Lobito, em Benguela, sob chancela da Editora Acácias.

  • 11/12/2018 01:06:15

    Traços da mulher africana inspiram artista plástico Landu Makanda

    Lobito - Os traços característicos da beleza da mulher africana como lenços coloridos nos cabelos, olhos e sorrisos ganham espaço na maior parte das obras do artista plástico angolano Landu João Makanda, que clama por patrocínios para divulgação do trabalho.