Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

24 Janeiro de 2019 | 15h31 - Actualizado em 31 Janeiro de 2019 | 10h44

Munícipes de Icolo e Bengo beneficiam de formação artística

Icolo e Bengo - Duzentos e 50 munícipes, dos cinco aos 22 anos de idade, do município de Icolo e Bengo, em Luanda, beneficiam de formação em artes plásticas, teatro e dança no Centro cultural Agostinho Neto, em Catete.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Crianças de Icolo e Bengo aprendem Dança Folclórica e Contemporânea

Foto: Cortesia de Albino António

A formação, promovida pela Casa Museu Óscar Ribas em parceria com o Centro cultural Agostinho e Neto de Catete, tem como objectivo ensinar os participantes a importância das artes na vida do ser humano e para a ocupação dos tempos livres.

Com a duração de duas semanas, a formação está a ser orientada por cinco professores, afectos a Casa Museu Óscar Ribas, que leccionam dança folclórica e contemporânea, teatro, desenho e pintura.

Falando hoje, quinta-feira, à Angop, o professor de arte visual e plástica, Euclides Miguel, frisou que a formação visa criar as bases artísticas para que as crianças possam desenvolver as suas capacidades cognitivas e evitar as práticas erradas que adquirem nas ruas.

Por seu turno, a professora de dança folclórica, Julieta Chitome Chequele, disse que a aprendizagem por parte dos formandos está a ser surpreendente, acrescentando que os alunos têm uma capacidade de interpretação natural.

Já a docente de dança contemporânea, Georgina Malungo, visivelmente satisfeita, salientou que os beneficiários da formação mostram à-vontade e dinâmica na aprendizagem.

" Não contávamos que em Catete iríamos encontrar tanta vontade de aprender as artes,  por ser  uma localidade distante da cidade de Luanda, mas as crianças superam pela positiva até os da capital" disse a professora.

Rossana Patrícia Gomes, de 11 anos de idade, moradora da vila de Catete, que frequenta a formação pretende no futuro ser uma bailarina de dança tradicional, mas lamentou o facto do curso ter apenas duas semanas.

Já Anselmo Chitalala Diogo, de 13 anos de idade, satisfeito com o que está aprender nas artes plásticas, frisou que gostaria de ter formação especializada nas artes, para no futuro ser um profissional.

O município de Icolo e Bengo que dista a 60 quilómetros a leste da cidade de Luanda, tem uma população estimada em 81 mil 444 habitantes e a sua maioria dedica-se a actividade agrícola e piscatória.

Com uma extensão territorial de 3.309.7 quilómetros quadrados, encontra-se dividido pelos distritos de Catete e Bela Vista e pelas comunas de Cabiri, Bom Jesus, Quiminha, Cassoneca e Caculo Cahango.

Leia também
  • 25/01/2019 17:08:47

    Artistas alemãs em Angola para troca de experiências

    Luanda - Uma comitiva composta por 13 artistas, entre actores, directores e técnicos da área de teatro, estão desde hoje, sexta-feira, em Luanda, para troca de experiência e intercâmbio cultural com fazedores de artes angolanos.

  • 25/01/2019 16:42:33

    Governo de Luanda institui prémios de cultura e arte

    Luanda - O governador da capital do país, Sérgio Luther Rescova, determinou por via de um despacho tornado público hoje, sexta-feira, instituir e convocar os prémios "Luanda" nas categorias de teatro, literatura, dança, artes plásticas e canção, a partir desse ano.

  • 11/01/2019 12:55:56

    Psico-pedagogo lança "A gestão democrática da escola pública em Angola"

    Luanda - Uma obra científica, com o título "A gestão democrática da escola pública em Angola", do psico-pedagogo Ngangula Miguel de Sousa será lançada, no dia 26 de Janeiro, no Parque da Independência, em Luanda.