Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

07 Fevereiro de 2019 | 18h59 - Actualizado em 07 Fevereiro de 2019 | 18h58

Cultura no Cuando Cubango quer seis milhões kz para o Carnaval

Menongue - A cobertura das despesas destinadas ao Carnaval 2019, no Cuando Cubango, que engloba prémios dos vencedores, de participação, jurado, indumentária, exige, pelo menos, de um fundo de seis milhões de Kwanzas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada esta quinta-feira pelo chefe de departamento de Arte e Património Histórico do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo e Juventude e Desportos, Pedro Amaral, quando falava da preparação do Entrudo.

Pedro Amaral, que não avançou o orçamento do ano passado, ressaltou que o objectivo é aumentar os prémios dos primeiros classificados e incentivar uma maior participação dos grupos, uma vez que as recompensas têm sido sempre reivindicadas por grupos por serem irrisórios.

O responsável disse que com este valor,  a comissão preparatória teria facilidade de organizar o evento.

Há um mês do evento, estão inscritos 19 grupos, dos quais 13 da classe infantil e 6 dos adultos.

Na edição 2018, na classe infantil, o grupo Tchakulimuena, com 300 pontos, levou para casa 200 mil Kwanzas, enquanto o  Sobrevivente dos 14, com 285 pontos, teve como recompensa 150 mil, e o 3º colocado, o Triunfo HIV/SIDA, com 276 pontos, foi premiado com 100 mil.

Na classe de adultos, o grupo de Menongue União Estrelas da Paz, com 350 pontos, conquistou o primeiro lugar, tendo recebido como prémio 300 mil Kwanzas.

Leia também
  • 31/01/2019 00:03:29

    Encerradas 27 igrejas por funcionarem à margem da lei

    Menongue - Vinte e sete igrejas, das quais 26 em Menongue, capital do Cuando Cubango, e uma no município do Calai, que praticavam a sua actividade à margem da lei, foram encerradas no quadro da Operativo Resgate.

  • 29/01/2019 17:01:31

    Bié: Governo contra inovações introduzidas no carnaval

    Cuito - O governo da província do Bié manifestou-se,. nesta segunda-feira, no Cuito, contra as inovações apresentadas no Carnaval, considerando que os grupos carnavalescos estão a destruir a essência da maior manifestação cultural popular do país.

  • 28/01/2019 15:58:51

    Inscritos 43 grupos carnavalescos para edição 2019

    Mbanza Kongo - Quarenta e três grupos carnavalescos, dos quais 11 infantis, estão já inscritos pelo departamento da Cultura, Arte e Património Histórico do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos no Zaire para participar no Carnaval 2019.