Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

07 Novembro de 2019 | 00h33 - Actualizado em 07 Novembro de 2019 | 07h33

"Kahitu" de Alberto Botelho já no cinema nacional

Luanda - A pré-estreia do filme "Kahitu", do realizador angolano Alberto Botelho, adaptado da obra literária Vozes na Sanzala, de Uanhenga Xitu, aconteceu na quarta-feira numa das salas de cinema da capital.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O filme, cuja exibição para o público está marcada para o dia 8 deste mês, em todas salas Cinemax do país, retrata a história de um jovem (Kahitu) paralítico desde a sua nascença, que engravida a rapariga mais bela e desejada da sanzala.

O drama tradicional, com 70 minutos de duração, retrata a estreita fidelidade e cumplicidade dos valores sócio-culturais angolanos, onde os mitos e as crenças sobrenaturais predominam e influenciam a conduta da população.

Em declarações à imprensa, no final da pré-estreia, Alberto Botelho disse que o filme foi produzido há 10 anos e razões profissionais e familiares impediram a sua estreia e exibição antes.

Segundo o realizador, a obra cinematográfica levou pouco mais de um ano para concluir o trabalho, com actores anónimos, devido ao género da história e perfil dos personagens, a fim de estar mais próximo da realidade da história.

Explicou ter escolhido a obra “Kahitu” pela alternância de género da história (drama, comédia e tragédia) e por recomendação de Uanhenga Xitu, o filme foi gravado em Calomboloca, na aldeia de Nganga Zunze.

Assuntos Cinema  

Leia também
  • 11/10/2019 17:47:40

    Embaixador italiano sugere filme sobre Nevunda

    Lubango - Os cineastas angolanos deviam pensar em rodar um filme que retrate a odisseia do primeiro embaixador africano em Roma, o príncipe do Reino do Congo, António Nevunda, que no século XVI viajou para a Itália, afirmou, nesta sexta-feira, no Lubango, província da Huíla, o embaixador italiano em Angola, Claudio Miscia.

  • 10/10/2019 18:23:55

    Filme Chaduka exibido na Casa de Cultura do Rangel

    Luanda - O filme "Chaduka" do realizador, Ngouabi Silva, que retrata o drama urbano de um jovem que perdeu os pais de forma trágica, vai ser exibido, sexta-feira (11), na Casa da Cultura do Rangel Nzinga Mbande, no município de Luanda.

  • 18/05/2019 06:06:45

    Filme angolano no festival orçado em 20 mil Kwanzas

    Lisboa (Do enviado especial) - O filme angolano ?O mambo?, a concorrer no festival itinerante do cinema em língua portuguesa, que decorre em Lisboa (Portugal), está orçado em apenas 20 mil Kwanzas, informou hoje o realizador Nuno Barreto.