Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

03 Dezembro de 2019 | 13h53 - Actualizado em 03 Dezembro de 2019 | 13h53

Requalificação do Museu do Huambo orçada em mais de AKZ 21 milhões

Huambo - Vinte e um milhões de kwanzas é o valor que está ser investido, desde o princípio do mês de Novembro, pelas autoridades da província do Huambo na requalificação do Museu local, com objectivo de melhorar a estrutura arquitectónica do imóvel e, ao mesmo tempo, proporcionar melhor acomodação aos funcionários e utentes.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Técnicos empenhados na requalificação do Museu do Huambo

Foto: Júlio Vilinga

Director local da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos, Jeremias Piedade Chissanga

Foto: Valentino Yequenha

O facto foi avançado hoje, terça-feira, à Angop, pelo director do Gabinete local da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos, Jeremias Piedade dos Anjos Nambongue Chissanga, referindo que as obras consistem na reestruturação das paredes e do piso, além da melhoria do sistema eléctrico, colocação de um novo tecto falso e outros trabalhos.

O responsável explicou que, no aspecto físico exterior, as obras não abrangem a retirada das janelas, portas e outros elementos com vista a preservação da imagem arquitectónica da infra-estrutura.

Adiantou que a luta que se segue tem a ver com a transformação do âmbito do Museu Etnográfico, de local para regional, tal como foi concebido, em 1956, pelas autoridades coloniais portuguesas.

Jeremias Piedade dos Anjos Chissanga precisou que a pretensão em transformar o âmbito do museu de local para regional constitui um desafio do Governo do Huambo junto ao Ministério da Cultura, acreditando, deste modo, que o acervo cultural existente permite avançar para a obtenção desse estatuto.

Segundo o responsável, os trabalhos do museu estão a decorrer em simultâneo com a requalificação das estátuas de bronze do fundador da Cidade do Huambo, Norton de Matos, das suas quatro virtudes e outras adjacentes, que estão a consistir na retirada da oxidação.

Salientou que, as obras de requalificação na estátua de Norton de Matos e das respectivas virtudes não incluem a retirada dos sinais de guerra que assolou a cidade do Huambo, estando ainda prevista a colocação, em cada imagem, de um painel informativo, para facilitar que os munícipes e turistas possam documentar-se sobre a sua história.

No mesmo projecto, o gabinete da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos esta igualmente a efectuar a requalificação das estátuas de betão, com realce para a da Santa Padroeira da Cidade do Huambo, localizadas na Avenida da Independência, defronte à Sé Catedral, assim como da Rapariga Negra, destruídas durante o conflito armado.

O Museu do Huambo possui, actualmente, 996 objectos de esculturas diversas, desde a caça, pesca, fundição de ferro que representam os usos e costumes da região e mil e 413 fotografias, que retratam a arquitectura civil, militar, religiosas e funerária, desde a fundação da cidade do Huambo em 1912 até 1974.

Localizado no interior desta cidade, o Museu projectado em 1946, foi inaugurado a 11 de Agosto de 1957.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 29/11/2019 09:46:43

    Grupo Eclesiastes aborda problemas sociais em peça teatral

    Huambo - Questões ligadas à violência doméstica e comportamento negativo dos jovens e adolescentes, marcados pelo consumo de bebidas alcoólicas e drogas, são, entre outros, os principais temas a serem retratado este domingo (1 de Dezembro), na cidade do Huambo, pele grupo Eclesiastes, na peça teatral ?As aventuras do Tio Abílio?.

  • 16/11/2019 22:56:31

    Festival Nacional de Música Tradicional anima habitantes do Huambo

    Huambo - As exibições no quadro do 1º Festival Nacional de Música Tradicional animaram esta noite, no auditório da biblioteca municipal, os habitantes da cidade do Huambo, que vibraram do princípio ao fim com as performances dos distintos criadores nacionais.

  • 15/11/2019 10:37:28

    Crisma dos Santos estreia-se com álbum "Deus não é culpado"

    Huambo - O músico gospel Crisma dos Santos estreia-se neste fim-de-semana, no Huambo, com a obra discográfica ?Deus não é culpado?, cujas mensagens são um apelo à necessidade do envolvimento da sociedade no resgate dos valores cívicos, éticos e morais, além do fortalecimento do amor ao próximo.