Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

05 Março de 2019 | 16h55 - Actualizado em 05 Março de 2019 | 16h55

Txianda em destaque no carnaval na Lunda Sul

Saurimo - A maioria dos grupos carnavalescos que desfilam no Largo 1º de Maio, na edição 2019 do entrudo, apresentam-se com a dança tradicional Txianda, que caracteriza e identifica o povo tchokwe, usada para a recepção de grandes entidades governamentais ou tradicionais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

LUNDA SUL: GOVERNADOR PROVINCIAL, DANIEL NETO E VICE-GOVERNADORA PARA O SECTOR SOCIAL, POLÍTICO E ECONÓMICO, OFÉLIA XILI, PRESTIGIAM O DESFILE

Foto: QUINTAS BENJAMIM

A dança foi criada pelas mulheres, junto o txissela e o ulengo (outras danças comemorativas e recreativas deste povo), para celebrar a maturidade do filho que passa da adolescência para a fase adulta.

Os bailarinos usam na cintura a mafunha mwia (panos enrolados) e mazombo, para facilitar que os mesmos se desdobrem em formas corporais provocantes de movimentos circulares.

Estão igualmente em destaque, o Txiqueno e Catxatxa, que são consideradas, na cultura txokwe, danças clássicas, utilizadas por soberanos em grandes festas tradicionais, como a investidura do rei, mucanda e outras.

Em evidência estão também os instrumentos tradicionais como o Ngoma, Ndjimba, Txissaji, Txikuvu (tambores/batuque), usadas para cerimónias religiosas, fúnebres, recreativas e comemorativas.

Os mesmos, antes de serem usados, são aquecidos periodicamente ao fogo para retesar as peles, permitindo que neles saem ritmos frenéticos que resultam num som contagiante.

A dança na cultura Tchokwe é o espelho da vida comunitária e do além, porque permite aos bailarinos dialogarem com os espíritos sobre sentimentos e reflexões. A dança joga também um papel crucial na protecção dos descendentes do povo lunda, quando ela é abordada de forma apropriada, através da arte das máscaras e pinturas. 

Para classe de adultos, vão desfilar 12 grupos provenientes dos quatro municípios que compõem a província da Lunda Sul (Cacolo, Dala, Muconda e Saurimo), sendo que em infantil desfilaram 11 agremiações.

Leia também
  • 05/03/2019 16:21:30

    Utchokwe Mu Tchota abre desfile de adultos na Lunda Sul

    Saurimo - O grupo carnavalesco Utchokwe Mu Tchota, representante do município de Saurimo, vencedor da edição 2018, abriu a instantes o desfile na classe de adultos da Lunda Sul, evento que acontece no Largo 1º de Maio.

  • 05/03/2019 15:45:06

    Grupo Txizainga encerra desfile infantil na Lunda Sul

    Saurimo - O grupo carnavalesco Txizainga, representante do município de Saurimo, encerrou em instantes o desfile da classe infantil do carnaval/2019 da província da Lunda Sul, realizada no Largo 1º de Maio.

  • 05/03/2019 15:00:18

    Crianças levam Mukanda e Cafundeji no Largo 1º de Maio

    Saurimo - O desfile provincial na classe infantil na Lunda Sul está a ser marcado com demonstrações de vários rituais do povo Lunda tchokwe, como o Mukanda, ritual de iniciação masculina, durante o qual as crianças são circuncidadas e o Cafundeji, cerimónia em que a jovem mulher aprende uma dança do ventre apreciada pelos sobas, antecipando as relações sexuais.