Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

09 Abril de 2019 | 16h31 - Actualizado em 09 Abril de 2019 | 16h31

Peça Leonardo Da Vinci: A ópera oculta no Centro Cultural Brasil-Angola

Luanda - A peça teatral Leonardo Da Vinci: A ópera oculta, escrita pelo italiano Michele Santeramo, será exibida a 12 deste mês no Centro Cultural Brasil-Angola, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Espectáculo proposto para o ano de 2019, por ocasião dos 500 anos da morte do grande génio italiano, será coreografado pelo grupo teatral Horizonte Njinga Mbande.

A peça é um monólogo que reflecte sobre a guerra, armas, vida, morte, imortalidade, arte. Começando exactamente na construção de componentes bélicos/armas projectadas por Leonardo Da Vinci.

Na Itália, o espectáculo é produzido pelo Teatro de Toscana - Teatro Nacional e apresenta em cena o próprio Michele Santeramo.

Michele Santeramo venceu, em 2011, o Prémio de Teatro Riccione, com o texto "Il Guaritore".  Em 2013, venceu o prémio da National Theatre Critics Association (ANCT).

Em 2014, publicou o romance "La Rivincita", editado por Baldini e Castoldi e encenado sob a direcção de Leo Muscato.

Em 2014, venceu o prémio de dramaturgia Hystrio.

Em 2014 escreveu "Alla Luce", dirigido por Roberto Bacci e produzido pela "Fondazione Pontedera Teatro".

Em 2015, o Centro de Experiências e Pesquisa Teatral Pontedera da Fondazione Teatro della Toscana produziu o espectáculo “da leggere”: “A próxima temporada” de e com Michele Santeramo.  No mesmo ano escreveu para a produção do teatro de Roma, dirigido por Veronica Cruciani “Preamleto”.

Em 2017, escreveu para a produção do Piccolo Teatro di Milano “Uomini e no”, do romance de Elio Vittorini. Escreveu também para o teatro Bellini em Nápoles “Tito”, enquanto para o Teatro della Toscana produziu “Il Nullafacente”, que o vê no palco como protagonista, dirigido por Roberto Bacci. É considerado um dos melhores shows da temporada no panorama do teatro italiano.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 03/04/2019 19:01:05

    Itália confirma participação na Bienal de Luanda

    Luanda - O embaixador da Itália em Angola, Cláudio Miscia, manifestou, esta quarta-feira, a disponibilidade do seu país participar activamente na Bienal de Luanda- Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz em África, a ter lugar em Setembro do ano em curso, na capital angolana.

  • 28/03/2019 14:37:13

    Alunos do CEARTE recriam Eduardo Paím em teatro musical

    Luanda - Um musical sobre a vida de Eduardo Paím, desde a infância, no Congo Brazzaville, onde nasceu e ganhou a primeira guitarra oferecida pela sua mãe, até à fase adulta já em Angola, preenche dia 3 de Abril a jornada do Centro Cultural Português, em Luanda.

  • 27/03/2019 16:32:15

    Ministra da Cultura aborda Bienal da Paz com diplomatas africanos

    Luanda - O grupo africano do corpo diplomático acreditado em Angola foi informado, nesta quarta-feira, pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, sobre a Bienal da Paz que irá decorrer em Luanda de 18 a 22 de Setembro do ano em curso.