Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

29 Abril de 2019 | 13h10 - Actualizado em 29 Abril de 2019 | 13h10

Museu de Antropologia observa padrões internacionais

Luanda - A restauradora responsável pela Colecção de Arte Africana do Museu Etnológico de Berlim, Alemanha, Eva Ritz, considerou hoje, segunda-feira, em Luanda, que os métodos de conservação e restauro do Museu de Antropologia de Angola obedecem aos padrões internacionais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Restauradora responsável pela Colecção de Arte Africana do Museu Etnológico de Berlim, Eva Ritz

Foto: Alberto Juliao

Eva Ritz, que falava a propósito de uma formação de refrescamento sobre conservação que dará à funcionários do Museu de Antropologia, adiantou que o facto da instituição ter extintores a gás representa um padrão muito alto.

A restauradora alemã manifestou-se ainda impressionada com o depósito, tanto em termos de edificação e da protecção contra incêndios.

Durante uma semana, 15 funcionários do Museu de Antropologia vão, de forma teórica e prática, recapitular assuntos sobre a conservação preventiva, para manter os objectivos sem deteriorarem, como tratar de pragas, o que é importante observar em termos de iluminação, o que se pode fazer quando há mofo .

“São actividades diárias dos trabalhadores aqui do museu, porém têm de ser observadas, com formações regulares e de forma sistemática”, frisou.

Criado por força do Decreto 80/76, do então Conselho de Revolução, o Museu Nacional de Antro­pologia é a primeira instituição do género do período pós colonial. 

O principal objectivo do Museu é ajudar o povo a conquistar a sua personalidade cultural, revalorizá-la e retransmiti-la às gerações vindouras.

A instituição que foi criada a 13 de Novembro de 1976 e recebe em média dois mil e quinhentos visitantes por mês.

Assuntos Museus  

Leia também
  • 07/03/2019 20:09:58

    Museu de Ciência e História Natural valoriza etapas históricas

    Lubango- A criação do Museu de Ciência e História Natural do Lubango vai permitir divulgar e valorizar as etapas históricas do processo civilizacional da região, a apropriação científica do acervo e consequente desenvolvimento de um pólo de investigação tecnológica, considerou, nesta quinta-feira, o PCA do Caminho-de-ferro de Moçâmedes, Daniel Quipaxe,.

  • 18/01/2019 17:04:34

    Governador do Uíge quer pesquisa contínua do acervo cultural

    Uíge - O governador do Uíge, Pinda Simão, recomendou, nesta sexta-feira, a contínua pesquisa do acervo cultural local e a reabilitação do Museu Etnográfico do Congo.

  • 09/01/2019 17:00:49

    Inaugurada exposição fotográfica sobre Museu Regional da Huíla

    Lubango - Uma exposição fotográfica sobre a história dos 63 anos de existência do Museu Regional da Huíla, foi inaugurada hoje, quarta-feira, na cidade do Lubango, no âmbito das actividades alusivas ao 8 de Janeiro, Dia da Cultura Nacional.