Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

18 Junho de 2019 | 13h35 - Actualizado em 18 Junho de 2019 | 14h02

Aberto encontro sobre autoridades tradicionais

Luanda - O terceiro encontro das autoridades tradicionais abriu, nesta terça-feira, com um apelo da ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, sobre a necessidade da contribuição da classe no desenvolvimento das comunidades e no processo das autarquias locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Participantes no III Encontro Nacional sobre as Autoridades Tradicionais

Foto: Rosário dos Santos

A ministra, que falava em representação do Chefe de Estado, considerou fundamental a acção das autoridades tradicionais por conhecerem de forma profunda a vida das comunidades.

Para o efeito, Carolina Cerqueira afirma ser necessário uma reflexão profunda sobre o papel das autoridades tradicionais.

Por seu turno, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, considerou necessário que se trabalhe num processo de reconciliação nacional e pacificação dos espíritos, como forma de se curar os efeitos dos conflitos armados.

O encontro emerge da necessidade da criação de um espaço amplo de intercâmbio e de discussão, de dois em dois anos, sobre as autoridades tradicionais, o seu papel e função, bem como o seu contributo na moralização das comunidades e na promoção, preservação e divulgação da cultura angolana.

Visa ainda promover uma reflexão sobre o lugar e o papel das autoridades tradicionais  na promoção do empreendedorismo comunitário e nos processos de liderança comunitária e de autarquias locais, discutir e apresentar subsídios à Proposta de Lei das Autoridades Tradicionais e abordar os critérios/regras de sucessão e de legitimidade das Autoridades Tradicionais.

O certame junta as autoridades tradicionais com as diferentes individualidades, entre os quais investigadores nacionais e internacionais ligados à antropologia e demais áreas afins, permitindo desta forma um diálogo entre todos os intervenientes.  

Assuntos Cultura  

Leia também
  • 13/06/2019 22:59:41

    Top dos Mais Queridos homenageia "Cantares da Terra"

    Luanda - A edição 2019 do Top dos Mais Queridos, a ser realizada no dia 5 de Outubro, vai homenagear os "Cantares da Terra", anunciou hoje, quinta-feira, o representante da comissão organizadora, Agnaldo Cahilo.

  • 13/06/2019 14:21:24

    Bienal da CPLP antecipada para este mês

    Luanda - A 9ª edição da Bienal de Jovens Criadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), inicialmente prevista para Julho, realiza-se entre os dias 24 a 28 deste mês, na capital angolana (Luanda), com a participação de 200 jovens, na ordem de 20 por cada país.

  • 11/06/2019 17:11:23

    Mbanza Kongo e Soyo repartem Festikongo

    Mbanza Kongo- A exiguidade de unidades hoteleiras na cidade de Mbanza Kongo, capital da província do Zaire, vai obrigar a transferência de algumas actividades da primeira edição do Festival Internacional da Cultura, Artes e Turismo (Festikongo), a decorrer de 5 a 8 de Julho deste ano, para o município do Soyo.