Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

26 Junho de 2019 | 15h23 - Actualizado em 26 Junho de 2019 | 16h41

Literatura e cinema na agenda do Festikongo

Mbanza Kongo - Quatro obras literárias de escritores angolanos e uma estrangeira serão lançadas em Mbanza Kongo, província do Zaire, no decorrer da primeira edição do Festival Internacional da Cultura, Artes e Turismo(Festikongo), de 5 a 8 de Julho próximo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Desfile de grupos carnavalescos entre os atractivos do Festikongo (arquivo)

Foto: Pedro Moniz Vidal

"O Filho Bem Amado: Nsaku Ne Vunda", de José Mena Abrantes, “ Um Oceano, Dois Mares e Três Continentes”, do franco-congolês Wilfied Nsondé, “Kauyka”, de Ana Maria de Oliveira, “História da Damba”, de Honoré Mbunga, e “ Mbongi a Ngindu: Escolas das Ciências no Antigo Kongo”, do escritor Patrício Batsikama, são os livros a serem lançados.

De acordo com o programa do evento, enviado hoje, quarta-feira, à Angop, em Mbanza Kongo, o cinema nacional estará também em peso com a realização de três sessões.

Está prevista a projecção de filmes como “ Falso Perfil”, de Dorivaldo Fernandes, “ Controlo Remoto”, de Nuno Barreto, e “ O Remorso”, dos cineastas José Baptista e José Satanha.

Os convidados ao certame serão ainda brindados com workshops que abordarão temas relativos aos “ Desafios da Protecção e Circulação dos Bens Culturais em África”, assim como “ Projecto a Rota de Escravos-400 Anos da Chegada dos Primeiros Escravos na América do Norte”, este último vai decorrer na cidade do Soyo.

Oficinas de dança, música, teatro e artes plásticas, uma exposição documental sobre o Reino do Kongo-Património e Memória, desfile de grupos carnavalescos, moda, mini-festival de teatro, concerto de música gospel e uma gala estão também agendados.

O espectáculo musical marcará o encerramento do Festikongo, um evento sugerido pela Organização das Nações Unidas par a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), aquando da inscrição do centro histórico de Mbanza Kongo n lista do Património Mundial, a 8 de Julho de 2017.

As autoridades governamentis da província a mobilizarem, nos últimos dias, empresas e centenas de munícipes que se apressam em afinar os últimos detalhes visando a realização com êxito desta actividade.

Para o efeito, homens munidos com os meios necessários estão engajados na criação de novas zonas verdes, pavimentação e iluminação de largos, passeios e áreas adjacentes aos locais, monumentos e sítios históricos, construção de balneários públicos, pintura de edifícios, lancis e árvores nas principais artérias da cidade, remoção de focos de lixo.

A empreitada, que inclui a ornamentação de avenidas e ruas com a colocação de bandeirolas, painéis publicitários e dísticos, está a ser levada a cabo com uma velocidade que se pode considerar estar-se numa “corrida contra o relógio” para garantir que nada falte para o arranque do certame na data prevista.

Mbanza Kongo foi o centro político-administrativo do antigo Reino do Kongo. Actualmente capital da província angolana do Zaire, conta com cinco bairros: Sagrada Esperança, Álvaro Buta, Martins Kidito, 4 de Fevereiro e 11 de Novembro, tendo uma população estimada em 155 mil e 174 habitantes.

O português e o Kikongo (língua materna) são as línguas mais faladas na localidade, incluindo também o Lingala, originário da RDC, dada a proximidade com este país.

Assuntos Cultura   Província » Zaire  

Leia também
  • 25/06/2019 15:42:10

    Exposição "Angola Janga" abre sexta-feira

    Luanda - Uma exposição denominada "Angola Janga" vai acontecer de 28 deste mês a 11 de Agosto próximo, em Luanda, numa iniciativa do Centro Cultural Brasil-Angola e a embaixada do Brasil acreditada em Angola.

  • 25/06/2019 15:41:21

    Ministra da Cultura reitera continuidade dos projectos do sector

    Luanda - A ministra da Cultura, Maria da Piedade de Jesus, reiterou, nesta terça-feira, em Luanda, que vai dar continuidade aos projectos em diversas vertentes já estabelecidos no sector.

  • 24/06/2019 14:54:02

    Organizações assinam acordo de cooperação cultural

    Luanda - Um acordo de cooperação que visa a promoção de actividades que contribuam para a cidadania educativa e o fomento da diversidade cultural foi assinado nesta segunda-feira, em Luanda, pela Comissão Nacional da Unesco (CNU) e a instituição "Cultura Para Todos".