Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

02 Agosto de 2019 | 16h42 - Actualizado em 02 Agosto de 2019 | 18h38

Namibe com traços arquitectónicos e culturais para preservar

Moçâmedes- A província do Namibe possui um "enorme" mosaico arquitectónico antropológico e cultural que deve ser valorizado e conservado, afirmou, nesta sexta-feira, em Moçâmedes, o governador Carlos da Rocha Cruz.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Igreja Santo Adrião

Foto: Evaristo Joaquim

A província do Namibe é detentora de um rico património cultural herdado dos povos que habitaram a região ao longo dos tempos, representado por pinturas e gravuras rupestres, muitas das quais agrupadas em estações arqueológicas, furnas e sítios históricos.

O Gabinete Provincial da Cultura controla oito monumentos históricos classificados, nomeadamente, a Fortaleza de Kapangombe, Fortaleza de S. Fernando, o Palácio do Governo, a Igreja de Santo Adrião, as Pinturas de Tchitunduhulu e as instalações das Alfandegas, entre outros.

Falando na abertura do primeiro forum sob o lema “valorização e conservação do património histórico do Namibe”, promovido pela Administração de Moçâmedes, o governador disse que este património e as suas construções típicas assentam numa ornamentação romancista própria da época do renascimento e do iluminismo.

Com a realização deste fórum, segundo o governante, o Namibe pretende, fundamentalmente, resgatar a consciência do citadino para a valorização e conservação do património histórico da província.

“Tendo em conta a longevidade das peças e das fontes históricas, hoje muitas delas encontram-se em estado de degradação avançada, por isso agradecemos a iniciativa do projecto Namibe Histórico, que visa a criação de bases para uma estrutura de avaliação, catalogação e conservação do património da província do Namibe”, disse.

Carlos da Rocha Cruz orientou as administrações municipais para sensibilizarem os proprietários e utentes de edifícios históricos para que promovam acções de recuperação e protecção e criem condições urgentes de protecção e conservação.

“Temos que, com a máxima urgência e por forma a contermos a acelerada destruição do património, através da fiscalização, divulgar as leis existentes para o efeito", reforçou.

A maior preocupação deve estar neste momento focada na degradação em que se encontra o património arquitectónico, o que acaba por contagiar e reflectir-se no comportamento dos moradores.

Por seu turno, o director Nacional dos Museus de Angola, Ziva Domingos, afirmou que a provincia do Namibe é uma das regiões do país com um rico património cultural que merece uma atenção especial para a sua salvaguarda  e valorização.

O Executivo angolano, adiantou, está a apostar no desenvolvimento sustentável, procurando trilhar novos caminhos e diversificar a económia, recorrendo a todos os recursos disponiveis no território nacional, entre os quais, o património cultural e natural.

Durante o fórum foram abordados temas como "A legislação e visão mundial", o"Namibe tem História, oportunidades e intervenção responsável", "O estado do património", "Património como destino turístico" e "Intervir no património com responsabilidade", entre outros.

Assuntos Província » Namibe  

Leia também
  • 02/08/2019 04:31:51

    Lançada obra sobre "Direito do Desporto" no Namibe

    Moçâmedes - "Introdução ao Direito do Desporto", é tema da obra literária apresentada e autografada quinta-feira, na cidade de Moçâmedes pelo seu autor, o académico e professor, Egas Viegas.

  • 27/06/2019 15:57:25

    Jardim do Livro Infantil movimenta mundo cultural

    Luanda - O secretário de Estado para as Indústrias Criativas, João Constantino, afirmou, nesta quinta-feira, em Luanda, o Jardim do Livro Infantil como uma janela destinada a levar as crianças ao mundo do imaginário e a descoberta de talentos para o mercado literário.

  • 18/04/2019 18:23:45

    Huíla e Namibe clamam pela reabilitação dos monumentos

    Luanda - As províncias da Huíla e do Namibe clamam pela reabilitação dos monumentos e sítios, como forma de contribuir na preservação e divulgação da história cultural local, de acordo com apelos feitos pelos responsáveis culturais.