Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

18 Fevereiro de 2020 | 11h44 - Actualizado em 18 Fevereiro de 2020 | 11h44

Lopito Feijó apresenta nova obra em Portugal

Luanda - O livro "Doutrina Sem A Qual Nunca", do escritor angolano Lopito Feijó, será lançado sexta-feira na 21º edição do Festival da Correntes d'Escritas de Póvoa de Varzim (Portugal), anunciou hoje (terça-feira), em Luanda, o autor.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Capa da obra literária de Lopito Feijó

Foto: Cedidas

Em declarações à Angop no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o escritor afirmou que a obra poética reflecte o princípio filosófico da maneira de estar dos angolanos nos dias  de hoje, onde cada um deve dar o seu contributo para o engrandecimento do bem comum.

"A obra é um apelo e também uma chamada de atenção do actual momento que o país está a atravessar, a maneira que o cidadão comum deve encarar o actual processo de  mudança que decorre na sociedade angolana”, esclareceu.

Segundo o autor, o livro será apresentado no âmbito do  21º Festival da Corrente Escrita, que decorre até domingo na cidade de Póvoa de Varzim, norte de Portugal, onde participa como convidado em companhia de escritores de Cabo Verde, Moçambique e Guiné-Bissau.

Com mais de cinquenta poemas, uma tiragem de mil exemplares e editada pela Pubricarte, "Doutrina Sem A Qual Nunca" vai ser apresentado pelo escritor moçambicano Luís  Carlos Patraquim.

Nascido em 1963 na província de Malanje, João André da Silva Feijó é licenciado em Direito pela Universidade Agostinho Neto, tendo publicado várias obras e merecido algumas distinções dentro e fora do país.

 

Em 1985 publicou o seu primeiro livro de poemas com o título “Entre o Ecrã e o Esperma”, que fruto de grande aceitação por parte dos meios literários recebeu uma menção honrosa no concurso de literatura "Camarada Presidente", promovido pelo Instituto Nacional do Livro e do Disco (INALD).

Destacam-se  ainda  “Me Ditando”, “Rosa cor-Rosa”, “Na idade de Cristo”,  “Desejos de Aminata“,  “Marcas da Guerra”, "No Caminho Doloroso das Coisas — Antologia de Jovens Poetas Angolanos " e "Cartas de Amor"

Correntes d'Escritas,

Correntes d'Escritas é um encontro anual de escritores de expressão ibérica que decorre durante o mês Fevereiro na cidade de Póvoa de Varzim. Os escritores são provenientes de países e continentes onde se falam as línguas portuguesas e espanholas, desde a  Península Iberica, passando pela América Central e do Sul à África Lusófona.

O primeiro encontro realizou-se em Fevereiro de 2000, ano em que se assinalou o Centenário da Morte do escritor Eça de Queirós, nascido na cidade. O encontro ganhou notoriedade ano após ano e hoje é o maior evento literário em Portugal .

Durante os mesmos são lançados vários livros pelos autores e respectivas editoras e tem potenciado a tradução de livros em português para espanhol e vice-versa. Momentos importantes são também as "mesas" de debate e as visitas às escolas.

A partir de 2004, passou a ser atribuído um prémio para novas obras em prosa ou poesia, em anos alternados, chamado Prémio Literário Casino da Póvoa. O prémio tem o valor monetário de 20 mil  euros.

Assuntos Cultura   Literatura  

Leia também
  • 18/02/2020 18:05:37

    Grupo Utchokwe almeja vencer Carnaval

    Saurimo - O grupo carnavalesco Utchokwe Mu Tchota da cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, está a aprimorar a dança, coreografia e canção, para vencer a presente edição do Carnaval na região.

  • 18/02/2020 17:41:54

    Padre quer mensagens de paz no Carnaval

    Saurimo - O padre da Igreja Católica Manuel Muleule incentivou hoje, terça-feira, em Saurimo, província da Lunda Sul, os grupos carnavalescos a entoarem canções com mensagens de paz, harmonia, entre outros valores sociais e culturais.

  • 17/02/2020 17:14:47

    Ciclo de cinema acontece em Luanda

    Luanda - Um ciclo de cinema, com filmes africanos e de outros continentes, realiza-se, de 19 do corrente mês a 4 de Março deste ano, em Luanda.