Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

18 Maio de 2020 | 15h01 - Actualizado em 18 Maio de 2020 | 15h23

Ministério quer museus mais dinâmicos e inclusivos

Luanda - O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente destacou, nesta segunda-feira, a necessidade de os museus nacionais tornarem-se mais dinâmicos e inclusivos, mais próximos das comunidades e capazes de contribuírem para o desenvolvimento local.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Museu nacional de Antropologia

Foto: Pedro Parente

Numa mensagem sobre o Dia Internacional dos Museus, que se assinala nesta segunda-feira, 18, o departamento ministerial considera imprescindível a criação de condições para uma oferta cada vez mais diversificada de serviços culturais, educativos e recreativos.

Adianta que os desafios da inclusão e da diversidade dos museus prende-se com a necessidade de torná-los mais representativos, reforçando a sua importância e papel como mediadores entre o património cultural e as pessoas.

A rede museológica angolana é constituída pelos museus de Antropologia, de História Natural, da Moeda, de História Militar, de Arqueologia (Benguela), Etnográfico do Lobito, da Escravatura, Regional do Dundo, do Huambo, Huila, Cabinda e o dos Reis do Congo (Zaire).

O Dia Internacional dos Museus é celebrado anualmente a 18 de Maio. A data é assinalada desde 1977, por proposta do Conselho Internacional de Museus (ICOMC), organismo da UNESCO.

A data foi instituída com o objectivo de incentivar a população ao hábito de visitar estes espaços considerados protectores da cultura e/ou da história dos povos.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 19/05/2020 10:47:27

    Cirineu Francisco vence prémio literário Jardim do Livro Infantil

    Luanda - Com a obra “A Kandengue do Golungo e o livro que não tinha fim”, Cirineu André Francisco é o vencedor do prémio literário Jardim do Livro Infantil 2020, anunciou, nesta terça-feira, o Instituto Nacional das Indústrias Culturais e Criativas (INICC).

  • 10/05/2020 18:39:04

    Yola Semedo arrecada 100 toneladas de cestas básicas

    Luanda - A cantora angolana Yola Semedo arrecadou, neste domingo, 100 toneladas de cestas básicas durante um show live solidário para com famílias vulneráveis.

  • 08/05/2020 18:30:07

    Yola Semedo realiza show live solidário domingo

    Luanda - A cantora angolana Yola Semedo realiza, no domingo, 10, um show live solidário para angariar fundos destinados a ajudar a minimizar as dificuldades das famílias vulneráveis face à pandemia da covid-19.