Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

04 Julho de 2020 | 18h12 - Actualizado em 04 Julho de 2020 | 18h20

Zaire defende divulgação do património mundial

Mbanza Kongo - Cidadãos da província do Zaire defenderam, este sábado, maior divulgação da cidade de Mbanza Kongo como património cultural da humanidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Participantes a uma mesa redonda sobre valorização e preservação do património mundial concluiram haver pouco conhecimento, por parte dos citadinos, sobre o carácter excepcional dos atributos materiais e imateriais desta localidade, que lhe valeram a inscrição, em 2017, pela UNESCO no universo dos patrimónios.

Consideram faltar diálogo e interacção entre as autoridades tradicionais e a nova geração para a transmissão de conhecimentos, e do “legado”, sobre a herança cultural desta região do país.

Isabel Morena, ex-administradora municipal, Agnelo Alberto (em representação da juventude local), e o reverendo Isaías Timóteo convergiram na necessidade de se divulgar mais o património local, realizando-se colóquios, dada a sua importância histórica.  

Apelam aos académicos e a população, em geral, para comprometerem-se e engajarem-se nesta tarefa, assim como solicitam a actualização do roteiro e guia turísticos da cidade.

Organizada pela rádio local, a mesa redonda enquadra-se nas comemorações do 2º aniversário desde a elevação da cidade à património mundial, a assinalar-se no próximo dia oito. Para tal, contribuiu o seu acervo material e imaterial, com realce para sítios arqueológicos, monumentos históricos, línguas, religião, dança e rituais.
 

Assuntos Cultura   Província » Zaire  

Leia também
  • 03/07/2020 23:28:46

    SADIA dá cartão de compras a filiados

    Luanda - Com vista a dar maior dignidade aos associados, a Sociedade Angolana de Direito do Autor (SADIA) criou o "Fundo Cultura" e o "Cartão da Arte", no âmbito da responsabilidade social e cultural, para apoiar autores e artistas nacionais a partir do dia 08 deste mês.

  • 20/06/2020 10:18:18

    Brigada Jovem de Literatura aposta na investigação

    Menongue - A Brigada Jovens de Literatura do Cuando Cubango apontou, como prioridades para os próximos anos, incentivar a investigação da cultura Nganguela e o gosto pela leitura na comunidade juvenil.

  • 19/06/2020 17:57:54

    Covid-19: Casa da Cultura conta com plataforma virtual

    Luanda - A Casa da Cultura do Rangel vai contar, a partir do segundo semestre de Julho, com uma plataforma virtual para a transmissão das actividades culturais realizadas no recinto, anunciou hoje (sexta-feira), em Luanda, a directora do espaço, Patrícia Faria.