Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

20 Dezembro de 2007 | 15h20

Presidente Eduardo dos Santos felicita eleição de Jacob Zuma

Polokwane

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, endereça mensagem de felicitações ao novo presidente do ANC, Jacob Zuma

Foto: Foto Angop/Arquivo

Polokwane, 20/12 - O presidente do MPLA e da República, José Eduardo dos Santos, felicitou hoje (sexta-feira) o novo líder do Congresso Nacional Africano (ANC), Jacob Zuma, eleito terça-feira na 52ª Conferência do partido.

A mensagem de felicitações foi entregue na província nordeste sul-africana de Polokwane a Jacob Zuma pelo membro do Bureau Político do MPLA, João Lourenço, que chefia uma delegação do partido maioritário em Angola na 52ª Conferência do Congresso Nacional Africano.

Na missiva, José Eduardo dos Santos congratula-se com a eleição de Jacob Zuma para a presidência do ANC, referindo que a vitória do candidato não é apenas sua, mas de todos os militantes, aliados e partidos amigos, que acreditaram na capacidade, legitimidade e aspirações do povo sul-africano.

O líder angolano deseja a Jacob Zuma festas felizes e sucessos na sua nobre missão, na certeza de que a nova direcção do ANC tudo fará para manter a união, não só partidária, como de toda a nação sul-africana.

No final da audiência, a que assistiram o secretário para as relações internacionais do MPLA, Paulo Teixeira Jorge, e o embaixador angolano na África do Sul, Miguel Neto, o novo líder do ANC, Jacob Zuma, agradeceu a confiança dada pelo presidente do MPLA e prometeu incluir, na sua agenda, uma visita a Angola no primeiro semestre de 2008.

O Congresso Nacional Africano (ANC), partido no poder na África do Sul, elegeu terça-feira Jacob Zuma para líder, que obteve quase 60 porcento dos votos, afastando o presidente cessante, o actual Chefe de Estado Thabo Mbeki.