Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Julho de 2010 | 17h55 - Actualizado em 13 Julho de 2010 | 17h54

MPLA lamenta morte de jornalista Basil Davidson

Óbito

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda  - O Bureau Político do MPLA  lamentou hoje, terça-feira, o falecimento do jornalista e escritor britânico Basil Davidson, ocorrido no dia 9 de Julho de 2010, em Londres, por doença, aos 95 anos de idade.

De acordo com uma nota de imprensa distribuída a Angop, Basil   Davidson foi o primeiro jornalista e escritor britânico a visitar as então zonas libertadas do MPLA, no leste de Angola, no início da década de 1970.

Este profissional da comunicação social destacou-se pelo seu contributo à luta de libertação nacional, particularmente pelas suas reportagens, sobre a causa libertadora do povo angolano, que despertaram à atenção do Mundo inteiro,

Fervoroso apoiante e activista político na luta contra o colonialismo em África e para a abolição do regime do apartheid na África do Sul, durante muitos anos esteve no centro de campanhas de libertação no continente africano, mormente das ex-colónias portuguesas, designadamente Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Neste momento de dor e de luto, o Bureau Político do MPLA, em nome de todos os militantes do partido, verga-se perante a memória de tão eminente personalidade e endereça, à família enlutada e ao Comité Moçambique/Angola (MAC), de que era membro, as suas mais sentidas condolências.