Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

26 Maio de 2011 | 10h33 - Actualizado em 26 Maio de 2011 | 15h46

Autoridades tradicionais devem desempenhar papel interventivo na comunidade - diplomata

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Autoridades tradicionais

Foto: Angop

Huambo   - As autoridade tradicionais devem ser agentes de desenvolvimento, contribuindo para a elevação da condição socioeconómica das comunidades, aconselhou o embaixador da União Europeia em Angola, Javier Puyol.

O diplomata falava à Angop hoje (quinta-feira), na cidade do Huambo, no termo de sua visita de 24 horas à província de mesmo nome, onde esteve a constatar a execução de projectos sociais e económicos no município do Ekunha, financiados pelo organismo que representa.

Frisou que as autoridades tradicionais tem uma imagem moral e social e, por isso, devem ser os principais impulsionadores para o desenvolvimento social e económico das populações.

"Constatei estarem, cada vez mais, comprometidas com a execução dos projectos de desenvolvimento nas aldeias e vilas, colaborando com o governo no relançamento dos programas da saúde, educação e agricultura, bem como na melhoria geral das condições de vida", reforçou a propósito.

Javier Puyol anunciou que decorrem conversações com governo local para prossecussão do apoio a província, que considerou ser chave no país, quer do ponto de vista demográfico, com mais de dois milhões e 500 mil pessoas, quer economicamente, pelas suas potencialidades, que levou a ser considerada celeiro de Angola, estatuto que está readquirir.

No município do Ekunha, situado a 45 quilómetros a oeste da sede provincial, o diplomata inteirou-se dos quatro projectos que a sua representação apadrinha, mormente de governação e democracia local, desenvolvimento dos recurso naturais, relançamento sustentável do sector pecuário e de apoio ao sector de comercialização da cooperativa agro-pecuária.

A implementação dos projectos visitados iniciou em 2002 e têm por objectivo a melhoria das condições de vida das populações, através de um crescimento sustentável, bem assim a valoração dos activo produtivos, sociais e ambientais, enquadrados no programa estratégico do governo angolano.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também