Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Julho de 2011 | 11h48 - Actualizado em 11 Julho de 2011 | 15h52

Presidente da República inaugura primeira fase da Cidade do Kilamba

Inauguração

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da República, José Eduardo dos Santos, inaugura primeira fase da Cidade do Kilamba

Foto: Angop

Luanda - O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, inaugurou hoje, segunda-feira, a primeira fase da Cidade do Kilamba, localizada a aproximadamente 20 quilómetros a sul do centro da capital, Luanda.

Esta fase desenvolve-se numa parcela de 906 hectares e contempla a construção de 20002 apartamentos, 24 jardins de infância, nove escolas primárias e oito secundárias.

Possui ainda reserva de espaço para a construção de um hospital, quatro clínicas, 12 centros de saúde, três instituições financeiras, estações de correios, postos de abastecimento de combustível, unidades e esquadras de polícia, quartéis de bombeiros, parques de estacionamento e outras estruturas.

A cidade do Kilamba está contemplada com infra-estruturas básicas, como rede viária, drenagem de águas pluviais e águas residuais para 35 000 metros cúbicos por dia, tendo também substações de energia eléctrica e rede de distribuição, telecomunicações e terminais de transportes públicos.

Este projecto é uma parceria público-privada, abragendo diversas vertentes que incluem projecto de engenharia, construção de edifícios, infra-estruturas viárias e hidráulicas.

A implantação do maior projecto habitacional de Angola coube ao então Gabinete de Reconstrução Nacional (GRN) com o auxilio da Sonangol.

Em Outubro do ano passado essa responsabilidade foi transferida para a Sonangol Imobiliária a quem também compete a comercialização dos apartamentos.

O projecto global foi concebido para se desenvolver em três fases, com um total de 80002 apartamentos, numa área de 54 quilómetros quadrados.