Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Agosto de 2012 | 19h37 - Actualizado em 12 Agosto de 2012 | 19h37

PRS defende participação activa dos cidadãos na governação do país

Eleições2012

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ndalatando - O secretário para a informação do Partido de Renovação Social (PRS) no Kwanza Norte, Eurico Francisco José, enfatizou hoje (domingo), em Ndalatando, que o seu partido propõe para Angola, um programa de governo baseado no federalismo e assente numa ideologia de centro/esquerda e baseada na participação directa dos cidadãos na actividade de governação.

Em declarações à Angop no final de uma passeata automóvel organizada por aquela formação política e que percorreu as várias artérias da cidade de Ndalatando, frisou que a referida actividade visou essencialmente levar a mensagem do partido às populações e apresentar o programa de governação aos militantes, amigos e simpatizantes.

O responsável partidário avançou que o PRS por se tratar de um partido que defende uma ideologia de mudança, propõe para o seu programa de governação para os próximos cinco anos, caso vença as eleições, maior aproximação entre governantes e governados.

"O PRS defende o federalismo assente numa ideologia de centro/esquerda, que respeita os direitos humanos, garanta respeito e dignidade às autoridades tradicionais, desencoraja a corrupção e valoriza os usos e costumes do povo angolano", afirmou.

Considerou que o país precisa tomar um novo rumo para se resgatar o orgulho do angolano, criando, para o efeito, oportunidades iguais que correspondam aos anseios e expectativas de todos os seus filhos, de modo a se criar um maior equilíbrio social.

Eurico Francisco disse ainda que o seu partido defende um governo empenhado na busca e garantia de melhores condições de vida para os angolanos, através de programas dirigidos e mais próximos das comunidades rurais", concluiu.

O PRS concorre pela terceira vez às eleições gerais em Angola, tendo como cabeça de lista o seu líder, Eduardo Kwangana.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também