Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

27 Agosto de 2012 | 18h34 - Actualizado em 27 Agosto de 2012 | 18h34

Julgados efectivos da Polícia Nacional por deserção

Moxico

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luena – Quatro efectivos da Polícia Nacional foram julgados hoje no Luena, Moxico, e condenados pelo Tribunal da Região Militar Leste a penas que vão de oito meses a dois anos de prisão por deserção.

Trata-se dos réus Adelino Muteba, António Cassongo, José Cassoca e Rui Baptista todos agentes de 1ª classe pertencentes aos comandos municipais da Polícia Nacional dos municípios do Luacano, Lumege-Cameia, Luchazes e Alto-Zambeze.

O Tribunal Militar absolveu o agente de 1ª classe Ramiro Nelson por falta de provas do crime em que tinha sido acusado.

O juiz presidente do Tribunal Militar Leste, coronel Domingos Luís Neto, informou, na ocasião, que os réus condenados abandonaram, durante 15 dias a seis meses, as respectivas unidades sem autorização prévia de superiores hierárquicos.

O magistrado desencorajou os demais militares a enveredarem por esta via. O Tribunal da Região Militar Leste compreende as províncias do Moxico, Lunda Norte e Lunda Sul.

Assuntos Província » Moxico  

Leia também
  • 09/02/2019 08:11:23

    UNITA intensifica mobilização para eleições autárquicas

    Luena - A UNITA, maior partido na oposição, está a intensificar as actividades de mobilização da população dos municípios de Camanongue, Luacano, Cameia e Léua, província do Moxico, no âmbito da preparação das eleições autárquicas, previstas para 2020 no país.

  • 07/02/2019 20:04:52

    Secretário da CASA-CE demissionário exige indemnização

    Luena - O secretário provincial do Moxico da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), Jeremias Afonso, renunciou esta quinta-feira ao cargo e exige indemnização pelos seis anos ao serviço da organização.

  • 04/02/2019 16:37:21

    Inauguração de vários empreendimentos marca 53º aniversário do início da Luta Armada

    Camanongue - A inauguração de um Jango para os antigos combatentes e veteranos da pátria e do Centro Infantil Comunitário (CIC), hoje, segunda - feira, na sede municipal de Camanongue, pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, marcou as comemorações do 53º aniversário do início da luta armada em Angola.

  • 01/02/2019 21:30:14

    FAA apela à transmissão de conhecimento

    Luanda - O chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, Egídio de Sousa Santos, apelou hoje aos nacionalistas com conhecimento técnico e cientifico a transmitirem o seu legado às novas gerações, por forma a perspectivarem o futuro com a experiência do passado.