Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

30 Outubro de 2013 | 17h02 - Actualizado em 30 Outubro de 2013 | 17h45

Georges Chikoti aborda ratificação de Angola ao tratado para interdição de Ensaios Nucleares

Luanda - A ratificação de Angola ao Tratado para Interdição de Ensaios Nucleares, assinado pelo país em 1996, centralizou nesta tarde de quarta-feira, em Luanda, a audiência concedida pelo ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Rebelo Chikoti, ao secretário executivo desta comissão internacional, Lassina Zerbo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Georges Chikoti, Ministro das Relações Exteriores

Foto: Miudo

Em declarações à imprensa no final da audiência de aproximadamente 30 minutos, Lassina Zerbo precisou que a grande questão de Angola é a ratificação do tratado de armas nucleares que passa por grande processo, inclusive pelo parlamento do país que adere.

"Quando se assina o tratado como Angola o fez, estamos a dizer não as explosões nucleares. Quando ratificamos, falamos nunca mais as explosões nucleares e é isso que temos a esperança que aconteça", explicou o responsável.

O secretário falou que a audiência serviu também para enfatizar o papel desempenhado pelo país em África, e não só, no domínio da paz e da segurança. "Angola foi um dos primeiros países do continente a assinar o tratado de interdição de ensaios nucleares em 1996 e, agora, tentamos encontrar essa liderança para chegar mais perto da entrada em vigor do tratado".

Disse que o ministro Georges Chikoti demonstrou um excelente conhecimento  das questões de paz e segurança, principalmente no domínio nuclear, tendo, na ocasião, reiterado o compromisso de Angola nesta área.

Assuntos MIREX  

Leia também
  • 05/02/2019 12:45:03

    Angola defende maior impulso na cooperação com RDC

    Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, disse esperar que o novo governo da República Democrática do Congo (RDC) possa dar uma nova dinâmica aos projectos de cooperação existentes entre os dois países.

  • 24/01/2019 08:36:22

    Manuel Augusto a caminho da RDC

    Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, deslocou-se na manhã desta quinta-feira para Kinshasa, República Democrática do Congo (RDC), onde vai representar o Chefe de Estado angolano, João Lourenço, na cerimónia de investidura do Presidente eleito daquele país, Félix Tshisekedi.

  • 18/01/2019 21:46:16

    Ministro das Relações Exteriores está em Antananarivo

    Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, em representação do Chefe de Estado, João Lourenço, participa, sábado, em Antananrivo (Madagáscar), na cerimónia de investidura do presidente eleito deste país, Andry Rajoelina, que venceu as eleições de Dezembro último.

  • 08/01/2019 10:39:20

    Manuel Augusto discute cooperação com homólogo dominicano

    Luanda - O ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Domingos Augusto, abordou nesta terça-feira, em Santo Domingo, com o seu homólogo da República Dominicana, Miguel Vargas, questões relacionadas com a cooperação bilateral e de assuntos da actualidade internacional.