Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

02 Fevereiro de 2014 | 18h06 - Actualizado em 02 Fevereiro de 2014 | 18h01

Realçado espírito de sacrifícios dos heróis de 4 de Fevereiro

Mungo - O espírito de sacrifício e patriótico dos heróis do 4 de Fevereiro foi realçado, sábado, no município do Mungo (Huambo), pelo administrador local, António Cotingo, pois mesmo sem meios os guerrilheiros foram à luta.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

António Cotingo falava durante uma palestra sobre o Dia do Inicio da Luta de Libertação Armada, que marcou a abertura da jornada alusiva a efeméride.

Durante o acto, ocorrido no Pavilhão Clube Recreativo 28 de Agosto, o orador fez uma retrospectiva dos acontecimentos ocorridos naquela altura, traduzido no assalto ás cadeias por heróis angolanos que procuraram libertar outros compatriotas e opor-se ao regime colonial.

Frisou que os angolanos foram á luta com muito sacrifício, porque enfrentaram o colonialismo mesmo sem meios suficientes e eficazes para o fazerem.

Ainda assim, a sublevação foi determinante para a elevação da consciência de todos os angolanos para a necessidade de lutarem pela independência.

No Município do Mungo o programa alusivo ao 4 de Fevereiro prevê a realização de visitas a locais históricos, deposição de uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido, actividades recreativas, entre outras.

O acto central municipal terá lugar na Omabala de Alto Cayumbuca.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 16/11/2018 13:33:21

    PGR decreta prisão preventiva ao administrador do Longonjo

    Huambo - O administrador do município do Lonjongo, João Sérgio Raul, foi detido hoje, sexta-feira, como resultado de uma medida de coação pessoal aplicada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), por indícios de crimes de peculato, quando exerceu o cargo de secretário-geral do Governo do Huambo, entre 2010 a 2014.

  • 15/11/2018 22:10:58

    Militantes da JMPLA devem promover harmonia social

    Caála - O primeiro secretário da JMPLA da província do Huambo, João Chieva, apelou hoje, quinta-feira, no município da Caála, os militantes da organização a promover a harmonia social, visando a tranquilidades das famílias.

  • 14/11/2018 14:49:27

    Autor da morte do capitão das FAA começa a ser julgado

    Huambo - O cidadão Nelson Zidany Canganjo Agostinho, de 17 anos de idade, começou a ser julgado hoje, quarta-feira, no tribunal da província do Huambo, por ter morto, no dia 10 de Julho deste ano, o capitão das Forças Armadas Angolanas (FAA) Walter Manuel Madruga, de 35 anos de idade.

  • 13/11/2018 14:11:30

    Reforma do Estado exige melhor preparação do efectivo militar

    Huambo - A reforma do Estado, processo em curso no país, exige um efectivo militar com elevados níveis de organização e de preparação combativa e educativa-patriótica, para o cumprimento cabal da missão.