Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

30 Junho de 2014 | 17h33 - Actualizado em 30 Junho de 2014 | 17h33

FORPALOP: Presidente de Cabo Verde terminou missão em Angola

Luanda - O Presidente de Cabo-Verde, Jorge Carlos da Fonseca, deixou já Luanda de regersso ao seu país depois de participar na Cimeira Constitutiva do Fórum dos cinco Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, "FORPALOP", realizada hoje na capital angolana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o Chefe de Estado cessante da organização, foi despedido pelos ministros das Relações Exteriores, Georges Rebelo Chikoti, da Construção, Waldemar Pires Alexandre, pelo o director para África e Médio Oriente do MIREX, Joaquim do Espirito Santo, diplomatas e entidades do governo provincial de Luanda.

O estadista cabo-verdiano é a segunda figura que participou no evento a regressar ao seu país, depois do Primeiro-Ministro de Moçambique, Alberto Vaquina,  enquanto que os Presidentes de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, e da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, apenas deixam Luanda na manhã de terça-feira, apurou Angop de fonte oficial no aeroporto.  

O FORPALOP é um órgão multilateral, privilegiando a concertação político-diplomática e de cooperação, bem como de aprofundamento das históricas relações de amizade e solidariedade.

Depois da Cimeira, realizada de 29 a 30 de Junho, a porta-fechada, assinou-se a Declaração Constitutiva do referido órgão de concertação entre os Estados lusófonos de África, aprovou-se 2016 como o ano para o próximo evento, em Cabo Verde, assim como foi debatido a situação política actual do continente africano e internacional.

Participaram na referida cerimónia constitutiva, os Presidentes de Angola, José Eduardo dos Santos, anfitrião e que assumiu a liderança do FORPALOP, de Cabo-Verde, Jeorge Carlos da Fonseca, da República de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, e o Primeiro-Ministro de Moçambique, Alberto Vaquina, em representação de Armando Guebuza.

Assuntos Política  

Leia também
  • 05/02/2019 20:51:37

    Norberto Garcia é interrogado na quarta-feira

    Luanda - O réu Norberto Garcia, antigo director da Unidade Técnica para Investimento Privado (UTIP), vai ser interrogado esta quarta-feira durante a 9ª sessão de julgamento da Burla Tailandesa que decorre na 1ª Câmara Criminal do Tribunal Supremo.

  • 05/02/2019 05:43:18

    Pinda Simão enaltece sacrifício dos nacionalistas

    Uíge - O governador provincial do Uíge, Pinda Simão, enalteceu o empenho dos heróis de 04 de Fevereiro, que deram à sua vida e consentiram sacrifícios para o alcance da independência nacional.

  • 05/02/2019 00:46:39

    Município de Camacupa ganha novas infraestruturas sociais

    Camacupa - A população do município de Camacupa, província do Bié, ganhou novas infra-estruturas sociais, inauguradas segunda-feira no quadro das celebrações do Dia do início da Luta Armada.

  • 04/02/2019 16:37:21

    Inauguração de vários empreendimentos marca 53º aniversário do início da Luta Armada

    Camanongue - A inauguração de um Jango para os antigos combatentes e veteranos da pátria e do Centro Infantil Comunitário (CIC), hoje, segunda - feira, na sede municipal de Camanongue, pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, marcou as comemorações do 53º aniversário do início da luta armada em Angola.