Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

23 Fevereiro de 2015 | 16h20 - Actualizado em 23 Fevereiro de 2015 | 16h20

Moxico: Universitários querem impulsionar desenvolvimento

Luena - Os participantes no Campo Nacional de Férias dos Estudantes Universitários (CANFEU 2015), agendado para o período de 23 a 28 deste mês, manifestaram nesta segunda-feira a sua disponibilidade em contribuir para o desenvolvimento do país, nos mais variados domínios.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop, à margem da cerimónia de abertura da 13ª edição do CANFEU, que agrega 1500 estudantes da cidade do Luena, província do Moxico, disseram que estão aptos para apoiar os projectos do Executivo.

Segundo o estudante Claúdio Major, a firmeza, dedicação, interesse de vencer e conhecimento dos jovens são ferramentas importantes para os estudantes universitários.

Reiterou a intervenção destes no Plano de Desenvolvimento da Juventude, que comporta projectos para o bem-estar dos jovens em todos os domínios.

Mostrou-se satisfeito com a realização da 13ª edição do CANFEU, por contribuir para o resgate dos valores patrióticos.

O CANFEU é uma actividade de carácter anual, que por finalidade proporcionar aos jovens a troca de experiência sobre temáticas diversas, promoção de experiências científicas e o conhecimento real das províncias do país, através de visitas a locais históricos e a empreendimentos distintos.

A cerimónia de abertura da presente edição foi orientada pelo ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba.

A 12ª edição do campo de férias aconteceu na província do Cunene, em 2014, agregando mais de mil e 500 estudantes de todo o país.

O campo de férias dos estudantes já foi realizado nas províncias do Huambo (em 2003), Huíla (em 2004), Cuanza Sul (2005), Cabinda (2006), Benguela (2007), Cuanza Norte (2008), Uíge (2010), Cuando Cubango (2011), Lunda Sul (2012), Zaire (2013) e Cunene (2014).

Assuntos Província » Moxico  

Leia também
  • 04/02/2019 16:37:21

    Inauguração de vários empreendimentos marca 53º aniversário do início da Luta Armada

    Camanongue - A inauguração de um Jango para os antigos combatentes e veteranos da pátria e do Centro Infantil Comunitário (CIC), hoje, segunda - feira, na sede municipal de Camanongue, pelo governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, marcou as comemorações do 53º aniversário do início da luta armada em Angola.

  • 01/02/2019 21:30:14

    FAA apela à transmissão de conhecimento

    Luanda - O chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, Egídio de Sousa Santos, apelou hoje aos nacionalistas com conhecimento técnico e cientifico a transmitirem o seu legado às novas gerações, por forma a perspectivarem o futuro com a experiência do passado.

  • 31/01/2019 14:02:07

    Técnicos iniciam escavações para retirar urna de Savimbi

    Luena - Técnicos da delegação multidisciplinar iniciaram nesta quinta-feira, no cemitério municipal do Luena, província do Moxico, as escavações para retirar a urna onde estão os restos mortais do antigo líder da Unita, Jonas Savimbi.

  • 25/01/2019 05:09:42

    Províncias fronteiriças merecem "cuidados especiais" - FAA

    Luena - As Províncias angolanas que fazem fronteiras com as Repúblicas Democrática do Congo e Congo Brazaville merecem um "cuidado especial" das Forças Armadas Angolanas (FAA), disse quinta-feira, no Luena, o seu chefe do Estado Maior General, Egídio de Sousa Santos.