Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

17 Fevereiro de 2017 | 19h36 - Actualizado em 17 Fevereiro de 2017 | 19h35

Moxico: Habitantes do Luena manifestam confiança em João Lourenço

Luena - Vários habitantes da província do Moxico manifestam-se hoje (sexta-feira), no Luena, confiante na prossecução do desenvolvimento de Angola, sob condução de João Lourenço, candidatos do MPLA a Presidente da 'República nas Eleições Gerais de 2017 , caso esta formação política vença.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Candidato a presidente da república pelo MPLA, João Lourenço

Foto: Francisco Miudo

Numa ronda efectuada pela à Angop, sobre a candidatura deste às eleições de 2017, pelo partido maioritário, Maria Dorca, enfermeira de profissão há já 30 anos, afirmou que João Lourenço é “aposta certa” que contribuirá na preservação da paz, coesão dos angolanos e melhoria do bem-estar da população.

Euclides Octávio, de 29 anos, estudante universitário disse conhecer bem o candidato e acredita que reúne competências académicas e profissionais para governar o país, caso vença as eleições, pelo facto de ser um dirigente “honesto, rigoroso e transparente na gestão do erário público.

Por sua vez, a funcionária pública, Glória Agostinho, com 43 anos, aferiu que o MPLA soube colocar o candidato certo nas eleições deste ano, porquanto o país encontra-se numa fase menos boa da sua economia e precisa de pessoas como João Lourenço para “ajustar as coisas”.

Já a jovem Marta Miguel recordou que o primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, conquistou a Independência Nacional, José Eduardo dos Santos, trouxe a paz efectiva aos angolanos e João Lourenço será o continuador e da preservação das conquistas.

Para Óscar Paulino Tomé, comerciante de 27 anos, deve haver maior divulgação da imagem de João Lourenço, por ser, segundo disse, desconhecido parte da população, sobretudo, no meio rural.

“É importante que o MPLA continue a distribuir cartazes, camisolas, chapéus e outros meios para que possa granjear prestígio no seio da população”, acrescentou.

A propósito, o secretariado municipal do MPLA do Moxico (sede) realiza este sábado uma marcha de apoio à candidatura de João Manuel Lourenço à Presidência da República.

João Manuel Gonçalves Lourenço, 62 anos, é actualmente vice-presidente do MPLA, cargo que ocupa desde o congresso de Agosto último.

Já exerceu, entre outros cargos, os de 1º Secretário do Comité Provincial do Partido e Governador Provincial do Moxico e de Benguela, Deputado à Assembleia do Povo, Secretário para a Informação do MPLA, Presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, Secretário-geral do MPLA, Presidente da Comissão Constitucional, Membro da Comissão Permanente, Presidente da Bancada Parlamentar do seu partido e 1º Vice-presidente da Assembleia Nacional.

Leia também
  • 22/03/2018 00:16:10

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos:

  • 21/03/2018 19:56:39

    Militantes do MPLA orientados a ser mais dinâmicos

    Huambo - Os militantes do MPLA no Huambo foram, hoje, orientados a ser mais dinâmicos, indo ao encontro dos cidadãos a quem devem transmitir as linhas de força do partido constantes do regulamento e estatuto.

  • 21/03/2018 19:43:14

    João Lourenço já está em Luanda

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, regressou na noite desta quarta-feira a Luanda, proveniente de Kigali, República do Rwanda, onde rubricou, na companhia de 53 líderes africanos, o acordo para o lançamento da Zona de Livre Comércio Continental (ZCLC), no âmbito da X Cimeira Extraordinária dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA).

  • 21/03/2018 13:12:37

    Líderes juvenis angolanos formados em Moçambique

    Luanda - Vinte jovens angolanos de diversas organizações da sociedade civil, participam em Maputo, Moçambique, na quinta edição de formação de jovens futuros líderes africanos (YALI), evento que entra hoje, quarta-feira, no terceiro dia de actividades.