Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Dezembro de 2017 | 14h48 - Actualizado em 12 Dezembro de 2017 | 14h47

Internacional Socialista realça progressos em Angola

Luanda - O secretário-geral da Internacional Socialista, Luís Ayala, realçou nesta terça-feira, em Luanda, o desempenho do Executivo angolano no desenvolvimento do país, na melhoria das condições socais da população e na pacificação de conflitos regionais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Delegações participantes a reunião do comité África da Internacional Socialista

Foto: Lino Guimaraes

Delegações participantes a reunião do comité África da internacional socialista

Foto: Lino Guimaraes

Discursando na abertura do comité África da Internacional Social, declarou que Angola tem progredido consideravelmente desde o alcance da paz em 2002.

O secretário-geral da IS pediu aos partidos filiados para colocarem sempre na sua agenda as questões de democracia, do desenvolvimento sustentável e da promoção do conceito de justiça climática.

Pediu a implementação permanente de acções de paz, bem como a promoção do diálogo entre as partes envolvidas, enaltecendo o facto de o Presidente angolano, João Lourenço, procurar a aproximação de pontos de vista.

Depois de reafirmar safisfação com a vitória do MPLA nas eleições de 23 de Agosto, o chileno Luís Ayala apelou aos partidos filiados a promoverem a democracia social, por responder aos desafios do desenvolvimento sustentável e garantir a permanente melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.  

Exprimiu solidariedade aos membros de países com déficit de democracia e lembrou que a organização é de partidos de esquerda, pela democracia, defesa de direito, liberdade, pela democracia, justiça e pela solidariedade, de socialistas que trabalham por um mundo mais igual, incluindo de género.  

Congratula-se com esforço do actual secretário-geral das Organização da Nações Unidas (ONU), António Guterres, para a reforma da organização, ao mesmo tempo que condenou o unilateralismo de algumas das grandes potencias na resolução de questões internacionais.

O líder da IS “quanto mais problemas se colocarem ao clima, mais injustiças serão sentidas no mundo”.

Defendeu um combate às desigualdades económicas, a nível interno e internacional, para corrigir o facto de menos de 10 % das nações terem mais riquezas que milhões de cidadãos do mundo cada vez mais pobres.

Apontou como exemplo a posição do Presidente americano Donald Trump quanto a transferência da embaixada o seu país para Jerusalém, que mereceu a condenação geral, por contrariar os esforços de aproximar as partes em conflito e para a pacificação da região.


A Internacional Socialista (IS) é uma organização internacional que busca a divulgação e implementação do Socialismo democrático através da união de partidos políticos social-democratas, socialistas e trabalhistas.  

A organização foi fundada em 1951 com a denominação Internacional Operária e Socialista e actualmente possui 160 partidos de mais de 100 países do globo, sendo uma das maiores organizações partidárias em actividade.

Assuntos Angola   Internacional  

Leia também