Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Março de 2017 | 17h17 - Actualizado em 11 Março de 2017 | 17h40

Angola: Presidente da UNITA enaltece papel da mulher no desenvolvimento do país

Luanda - O presidente da UNITA, Isaías Samakuva, enalteceu neste sábado, em Luanda, o papel desempenhado pela mulher no desenvolvimento de Angola e na criação de bem estar das populações.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Membros da Lima, braço feminino da UNITA

Foto: Lino Guimarães

Isaías Samakuva, presidente da UNITA, durante o acto político de massas, em Luanda

Foto: Lino Guimarães

O político discursava no acto de massas alusivo ao 51º aniversário da fundação do partido, que se assinala a 13 de Março.

Isaías Samakuva afirmou que, no mês dedicado às mulheres, não basta dirigir mensagens de felicitações a elas. "É necessário que este mês sirva de base para o combate à violência doméstica, fuga à paternidade e à maternidade precoce, entre outros males que as mulheres enfrentam no seu dia a dia", referiu.

Para Isaías Samakuva, a mulher necessita da intervenção de todas as forças políticas da sociedade civil e de outras instituições na afirmação da sua luta pela emancipação plena e pela igualdade do género.

No seu discurso, Samakuva destacou, ainda, o papel desempenhado pelas mulheres, que, diariamente, lutam pelo sustento dos lares e pelo seu contributo em diversas áreas da economia nacional.

Numa outra vertente, o presidente da UNITA advogou a melhoria do sistema de ensino em Angola em todos os seus subsistemas, tanto em condições materiais, quanto humanas.

Disse que o desenvolvimento de Angola deve assentar, sobretudo, na aposta no factor humano, pois, segundo sublinhou, só com homens formados é que o país poderá alcançar os patamares desejados.

O líder da UNITA é de opinião de que se devem traçar políticas que visem a dignificação da pessoa humana, independentemente da sua filiação política, raça ou credo religioso.  

A UNITA foi fundada em 13 de Março de 1966, na localidade de Muangai, província do Moxico, por Jonas Savimbi e outros jovens que a ele se juntaram.

Assuntos Angola   Província » Luanda   UNITA  

Leia também
  • 16/03/2017 19:20:12

    Funcionários diplomáticos consternados com morte de Antero de Abreu

    Roma - Os funcionários da Embaixada de Angola na Itália manifestaram-se, nesta quinta-feira, consternados com a morte do ex-embaixador Antero de Abreu, ocorrida dia 15 de Março, em Viana do Castelo, Portugal, vítima de doença.

  • 16/03/2017 18:40:41

    Faleceu Antero de Abreu, antigo embaixador de Angola na Itália

    Luanda - O antigo embaixador de Angola na Itália e Malta no período 1993 a 1997, Antero de Abreu, faleceu nesta quarta-feira (15), em Viana do Castelo, Portugal, vítima de doença.

  • 16/03/2017 18:18:58

    Bornito de Sousa exalta trabalho do FAS realizado em 2016

    Luanda - O ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, exaltou nesta quinta-feira, em Luanda, os resultados obtidos nas províncias do Bengo, Luanda, Lunda Norte, Malanje, Moxico e Uíge, no âmbito da primeira fase do programa Agente de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOS).

  • 16/03/2017 18:07:07

    Mulheres parlamentares e líderes femininas analisam Código Penal

    Luanda - A nova versão do Código Penal que já foi alvo de acessos debates na especialidade, na Assembleia Nacional, dominou o encontro entre o Grupo de Mulheres Parlamentares (GMP) e as líderes de associações femininas, realizado nesta quinta-feira, em Luanda.